Poetisa Leidiana S. Silva

Poetisa Leidiana S. Silva
********

domingo, 11 de novembro de 2012

NAS MÃOS DO DESTINO

Lá estava eu
Pensativamente
Quando de repente
Bateu-me um arrepio
E lembrei-me de você
De seu carinho
Do seu amor

Lembrei-me do quanto
Nos fomos felizes
Do quanto te amei
E do quanto me amou
Pois desde que você se foi
Foi só o que me restou
Lembranças

Flagrei meus pensamentos
Pensando em você
Descobrir que o tempo passou
Mais eu não conseguir te esquecer
Que meu amor é seu

Pensei em te procurar
Mais o receio não deixou
Daí! Deixei você guardado
Em meus pensamentos
Pois o futuro não cabe a mim
Mais sim ao destino

Que foi quem 
De você me separou
E foi que não deixou
De você eu me esquecer
Se tiver de ser
Assim será
Irei te reencontrar.

Leidiana S Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário