Poetisa Leidiana S. Silva

Poetisa Leidiana S. Silva
********

terça-feira, 20 de agosto de 2013

TRISTE E SÓ


De repente do nada
A tristeza me pegou
Meu mundo caiu 
Tudo desabou

Me vi sozinha
Sem ninguém por perto
Era como se eu
Estivesse num deserto

Só, abandonada
Sem rumo ou direção
Me senti como!!!
Se estivesse em extinção

Péssima sensação
Difícil de encarar
Viver na solidão
Triste a penar

 Leidiana S Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário