Poetisa Leidiana S. Silva

Poetisa Leidiana S. Silva
********

terça-feira, 29 de setembro de 2015

A ALMA POETA


A alma de um poeta
É difícil de entender
Se você se aprofundar
Não consegue interpretar


Poeta é complicado
Poeta é misterioso
Poeta é esforçado
Poeta é teimoso


Poeta é confuso
E também atrapalhado
As vezes atento
E as vezes desligado


Poeta é sensível
Poeta é durão
Poeta é amigo
Poeta é irmão


Poeta é família
E ao mesmo tempo isolado
Poeta está sempre longe
Mesmo estando ao seu lado



Poeta se concentra
No passado e no presente
Poeta se inspira
No que viveu e no que sente


O poeta recorda
O poeta fantasia
O poeta imagina
O poeta cria


Poeta viaja
Em seus próprios pensamentos
Poeta até voa
Nas asas do tempo


Poeta tem seu mundo próprio
Que é o da imaginação
Onde a realidade e a fantasia
Li dá ideias e inspiração


Poeta escreve e fala
O que ver, o que sente
O que imagina, o que pensa
O que vem na sua mente


O prazer de um poeta
É ver sua criação
Mundialmente conhecida
Aprovada e aplaudida


Poeta vive poesia
E até, fala rimado
Valoriza o saber
E está sempre inspirado


Poeta é sonhador
Mesmo estando sem dormir
Em tudo ver beleza
Sem beleza existir


Poeta tudo valoriza
Por mais simples que for
De tão sensível o poeta
Chora e sofre por amor


Tanto ama quem está perto
Quanto longe ou do lado
O poeta não suporta
É ser decepcionado


Para o poeta, não tem coisa
Poir que a traição
Trair... para um poeta
É punhalar o coração


Poeta é fiel
E a vida dá valor
Para Ele o sentimento
Mais bonito é o Amor...


Poeta é amor
Poeta é paixão
Poeta é sentimento
Poeta é coração.

Um comentário:

  1. Amiga muito bom essa poesia, parabéns continuem sempre vc tem talento.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário