Poetisa Leidiana S. Silva

Poetisa Leidiana S. Silva
********

terça-feira, 1 de setembro de 2015

MINHA INFÂNCIA - DE TRANÇA NO CABELO


Lembro que na minha infância
Eu só reclamava
Porque minha mãe
Meus cabelos só trançava


Os meus cabelos crespos
Não podia soltar não
Pois ficava parecendo
A juba de um leão


Minha mãe fazia cachos
Também maria-chiquinha
E acabava fazendo
Um monte de trancinhas


Mas no fundo eu gostava
Meus cabelos cor de mel
Era a minha assinatura
Me sentia a Rapunzel


Uma trança embutida
Com a ponta amarrada
Cabelos penteado
Com a trança para o lado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário