Poetisa Leidiana S. Silva

Poetisa Leidiana S. Silva
********

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

MINHA INFÂNCIA - GRANDES RECORDAÇÕES


Minha infância foi sofrida
Mais tudo o que eu vivi
Muito dela eu me lembro
Pois eu nunca esqueci


Me recordo que eu morava
Numa quebrada do sertão
E conhecia a caatinga
Como a palma da minha mão


A flor do mandacaru
É a beleza do sertão
E a colheita do sisal
Era o único ganha pão


Lembro que colhia cacto
Para comer com feijão
Pois com palma e farinha
Ninguém passa fome não


Me banhava no açude
Logo após de pegar
Umas piabas com uma peneira
Para minha mãe fritar


Costumava ir pro mato
Para colher uns cambucá
E dependendo da época
Umbu ou cajá


Frutas exóticas, diferentes
Gostosas pra valer
Doces ou azedas?
Só provando para saber.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário