Poetisa Leidiana S. Silva

Poetisa Leidiana S. Silva
********

quinta-feira, 17 de março de 2016

CADÊ VOCÊ


Quando estava aqui
Eu era tão feliz
Ainda não entendi
Porque se foi... "Me diz!"

Sem você...
Meu mundo é sem graça
Feito um banco de Praça
Deserto em meio ao Sol

Sem você...
Não quero fazer nada
Sou uma vazia terça
Sem você meu licor
Cadê você...

Sem você...
Minha vida é deserta
As coisas são incertas
Oh venha organizar

Sem você...
Me sinto transparente
Me sinto indigente
Não sei pra onde ir
Sem você...

Sem você...
Eu nunca estou contente
Sem você está presente
Eu não quero ficar

Sem você...
A solidão ataca
Sou avião sem asa
Assim é sem você
Sem você...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário