Poetisa Leidiana S. Silva

Poetisa Leidiana S. Silva
********

domingo, 26 de junho de 2016

CORAÇÃO EM ATRITO

Por ambos se dar valor
No amor estou muito bem
Só que a vida não é só amor
Nela há problemas também

A vida é complicada
Cheia de decepção
E todo tipo de tristeza
Lhe maltrata o coração

Daí vem o desânimo
O semblante se decái
Lhe bate um desespero
E as forças de desfaz

Sentindo-me muito triste
Totalmente sem chão
Terrivelmente até dói
O meu pobre coração

De tanto, mas tanto lutar
Lutar e não conseguir
De tanto ser humilhado
Da felicidade desistir

Estou triste, muito triste
Não sei nem o que fazer
De tão triste a alma dói
E não para de doer

Estou triste com o mundo
E tudo mais que nele há
Olho, olho e não vejo
Nada para me animar

Queria sumir de uma maneira
Que ninguém me achasse
Queria que para um outro mundo
O meu Deus me arebatasse

Ir para outro mundo
E aqui não mais voltar
Nesta terra que nasci
Nem um vestígio queria deixar

A vida não é só amor
Isso é uma realidade
Quando tudo mais vai bem
O amor é a estabilidade

Mas se tiver alguma coisa
Meio que fora do lugar
Mesmo tendo um grande amor
Você tenta e não dar

De tentar e não conseguir
Queria fugir... me esconder
Queria ir para muito longe
Para ninguém mais me ver

Recomeçar em um novo mundo
E deste aqui nada lembrar
Sair dessa agitação
Em um paraíso habitar

Isso quer dizer
Que preciso de paz
E acreditar no ser humano
Para não desistir mais

Essa é uma decepção
Que não quero sentir mais
Ser feliz é possível
E eu sei que sou capaz

Estou bem com meu amor
Mas comigo estou não
Minha alma está triste
Sinto muita aflição

Dentro da minha cabeça
Minha mente está em conflito
Então se agora estou lutando
De repente já desisto

Os dias vão passando
E meu semblante vai caindo
Por saber que nessa vida
Só estou me iludindo

Pois nada aqui é verdadeiro
Esse mundo é muito mal
Pessoas que tanto gosto
Para mim não são legal

Pessoas te enganam
Fingem que gostam de você
Mas no fundo te odeiam
E feliz não quer te ver

Isso dói bastante
Não é nada normal
Sem falar que só
Derruba o seu astral

Mas não se desespere
Pois toda crise é uma lição
Com um prazo de validade
E no final uma solução.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário