Poetisa Leidiana S. Silva

Poetisa Leidiana S. Silva
********

domingo, 26 de junho de 2016

SUPREMO SENTIMENTO

O amor, Ah! O amor...
Sublime sentimento
Que nasce de dentro pra fora
E as vezes de fora pra dentro

Mistério da vida
Assim é o amor
Sentimento da alma
Digno de louvor

Eu canto o amor
Porque amo o cantar
A melodia do coração
Pois nasci para amar

A inocência do amor
E sua simplória beleza
É algo natural
E de tamanha grandeza

O amor ama no ver
O amor ama sem olhar
O amor ama só em ouvir
O amor amo só em pensar

O amor não olha a beleza
O amor ama sem razão
Pois o amor é guiado
Pelo próprio coração

A simplicidade do amor
É algo fora do normal
Se aprofunde no assunto
E sinta algo sem igual

O amor além de surpreender
Não dá nem para explicar
Sentimento igual ao amor
Nem um! tem para comparar

Pena que nem todo mundo
No seu peito tem amor
E nem sensibilidade
Para quem ama dá valor

Uns ama e não valoriza
Outros perdem para valorizar
Depois que ver não ter mais volta
Daí desaba-se a chorar

O amor é um mistério
O mistério da paz
Supremo sentimento
Amor é amor e nada mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário