Poetisa Leidiana S. Silva

Poetisa Leidiana S. Silva
********

domingo, 3 de julho de 2016

A VIDA COMO ELA EH

Não se engane com a vida
Pois ela não é só flor
Então não espere vive-lá
Somente de amor

Na roseira além de flor
Tem folhas e galhinhos
E também de cima a baixo
Ela é cheia de espinhos

Repleta de problema
A vida é cheia de tensão
E para firme suportar
Aja mesmo "coração"

A vida é assim
Uma completa imperfeição
Mas fazer o que, né?
Reclamar resolve não!

Desanimar não adianta
Então leve a vida em frente
Reavalie o que fez errado
Para refazer, "mas diferente!"

A vida não é só color
Como não é só amor
Também é no preto e branco
Alegria e labor

Ao mesmo tempo que está bom
Pode também ruim ficar
Ao mesmo tempo que está a rir
Você também pode chorar

É um alto e baixo
Aquele vai e não vai
Você tanto quer uma coisa
E depois já não quer mais

Você muito está alegre
E de repente está à chorar
Sente-se sozinho
Sem ninguém pra te ajudar

Mas a vida é assim mesmo
Cheia, repleta de deprê
Às vezes alguém até te ajuda
Mas você, que nunca ver

Você sê sega com o desgosto
O que não te deixa ver
Que quem está a te ajudar
Está bem junto de você

Você busca a perfeição
Quer tudo do seu jeito
E não conseguem entender
Que nada aqui é perfeito

Com isso você sofre
E vive decepcionado
Se sentindo tão sozinho
Só que com alguém do lado

E quem tanto merece
A sua consideração
É quem acaba até sem
Ter a sua atenção

Por você não enxergar
Quem realmente merece
Ter a sua atenção
Quem de você não se esquece

Então ver se pensa bem
Pois vida não é viver flor
Vida é saber viver
E valorizar quem dar amor

Não procure perfeição
Somente procure viver
Amando e valorizando
Quem igual corresponder

A vida não é só flor
Viver não é só amar
Além de nós fazer rir
A vida também faz chorar

Assim como a roseira
A vida tem que ser regada
Com amor, carinho e paz
E algumas coisitas à mais

Se da vida, bem cuidar
Se souber a compreender
Seu amor florescerá
E feliz você vai ser

A vida como ela eh...
Simplesmente é assim!
Nunca vai ser diferente
Para você e nem para mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário