Poetisa Leidiana S. Silva

Poetisa Leidiana S. Silva
********

domingo, 21 de agosto de 2016

FÉ NO FUTURO

Ano dois mil e dezesseis
Em plano século vinte e um
Me diz: Qual pobre vive bem?
Deixa eu pensar: Quase nenhum!

Parando para pensar
Me pergunto: Quem diria?
Que um quilo de feijão
Iria ficar tão caro um dia!

O leite nem te conto
Fico tonto só em pensar
Em plano mês de Julho
O preço que tem que pagar

E o preço do pão
Vou falar em um relato!
Você vai na padaria
E não tem nada barato

A carne está cara
O café nem se fala
E o leite com o nasceu
Já ficaram até de mal

A Pátria amada Brasil
Não tem nada de gentil
Pois a nação desse País
A sorte é um em cada mil

O povo paga para trabalhar
Paga também para comer
E pra inteirar a falta de sorte
Pagam até para morrer

Um povo desvalorizado
Esse povo é sofredor
E além de tudo isso
A quem não merece dão valor

Vai entender esse povo
Vai entender essa nação
Esse povo é tão amoroso
Que perdoa até ladrão

Pátria... ò Pátria
Me diz: Cadê o amor
Como que tu aguenta
Ver teu filho sentir dor

País da indiferença
Onde acabou a escravidão
Mas mesmo assim o pobre aqui
Ainda sofre com patrão

Trabalha noite e dia
Com só uma folga na semana
Mas mesmo assim para o patrão
Nada está bom, pois só reclama

Então o pobre sem opção
Não pode nem se defender
E continua trabalhando
Pois as contas vão vencer

Tem comida para comprar
E os filhos para vestir
E os juros do empréstimo
Que não para de subir

Essa Pátria se tornou
Uma grande decepção
Para os que acreditam
Num bom futuro pra nação

Pois olham à sua frente
É nada ver de se aproveitar
Chegando mesmo à conclusão
Que o amor extinto estar

A verdade disso tudo
Vou falar qual é que é
Só pela união do povo
Que a Pátria está de pé

Pois por mais que esteja ruim
Eles acreditam na mudança
E releva o inrelevável
Como se fosse criança

Para o bem da sua Pátria
Para o bem da sua nação
O brasileiro ainda luta
Pela baixa inflação

Só acredita em um bom futuro
Quem de verdade ama a nação
Quem acredita que um dia
Terá da Pátria uma atenção

Quem quer sempre o melhor
Para toda a sua família
E está sempre a acreditar
Que a sorte um dia brilhará.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário