Poetisa Leidiana S. Silva

Poetisa Leidiana S. Silva
********

domingo, 18 de setembro de 2016

CORAÇÃO DESILUDIDO

Coração desiludido
Descobriu: Foi tudo em vão
Nunca existiu o amor
Tudo foi só ilusão

Coração foi enganado
E coração despedaçou
Fizeram coração de bobo
Simplesmente o enganou

Coração se iludiu
E encontrou a decepção
Esse foi o fim de tudo
Partiu ao meio o coração

O coração despedaçado
Viu que o amor foi engano
E deletou do dicionário
As palavras "Eu te amo"

O coração desapontado
Quis com tudo acabar
Pensou até em uma cova
Vivo mesmo se enterrar

Realmente foi o fim
A esperança se perdeu
A fé que tinha foi lá embaixo
O coração esmoreceu

Coração pegou seus cacos
E sem saber o que fazer
Coração se remendou
E aos pouco parou de doer

Coração foi repousar
Para curar sua ferida
Mas ficou a cicatriz
E por toda sua vida

Com o passar do tempo
O coração se curou
Mas com medo de sofrer
Não quis mais saber de amor

Para falar a verdade
Ele não mais acredita
Amor para o coração
É algo que até lhe irrita

Essa foi a consequência
Do amor não correspondido
Pois tamanha decepção
Quase fez perder o juízo

Lhe fez desacreditar
Que ainda existe amor
Coração traumatizado
Nunca mais se apaixonou

De tanto sofrer
O coração fechado estar
Ele não quer sentir dor
Então não quer mais amar

Coração desiludido
É coração despedaçado
Está fechado para o amor
Pra não ser mais desprezado

Coração desiludido
Não quer se decepcionar
E para não voltar a sofrer
Não quer mais se apaixonar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário