Poetisa Leidiana S. Silva

Poetisa Leidiana S. Silva
********

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

A VIDA E AS INDIFERENÇAS

Muitos me julgam mal
Me cercam como abutre
Vivem me observando
Para ver eu tropeçar
Desejando me ver cair
Prontos para comemorar

Criticam minha crença
Minha maneira de andar
O meu jeito único de  ser
Até meu jeito de falar
E pelas costas é claro
Vivem a me criticar

Eu santa, não sou não
Nem sou melhor que ninguém
Mas a crença do meu coração
Garanto que poucos tem
Acredito muito em Deus
E não invejo ninguém

Tenho o meu jeito único
E sei que sou especial
E o melhor de tudo isso
Sei que a mim não tem igual
O meu jeito além de único
Cem por cento é natural

Tenho orgulho do que sou
Gosto de minha identidade
Não ligo se falam de mim
Pode falar mal a vontade
Aliás estou até com plano
De cobrar mensalidade

Levo sempre na esportiva
Para não me aborrecer
Mas também sou ser humano
E lá no fundo me dói em saber
Que pessoas me criticam
Mesmo sem eu merecer

Mas a vida é assim
Tudo que posso fazer
É pedir para que meu Deus
Venha aqui me socorrer
E os mal intencionados
Faça todos me esquecer

E também pesso para Deus
Que por sua compaixão
Faça nestas más pessoas
Uma nova conversão
E que um dias elas se torne
Boas pessoas de coração

Não adianta me irar
E deseja o mal a elas
Pois agindo desse jeito
Também vou ser do jeito delas
E se desse jeito eu for
Quem vai interceder por elas

Sei que com esse pensamento
Nem todo mundo vai concordar
Pois não é fácil aguentar
Nem querer o bem do inimigo
E geralmente as pessoas
Só olham para o próprio umbigo

Mas acredito na convenção
Sei que quem vive a me julgar
E também me querem mal
Um dia vão olhar pra mim
E vão ver que sou legal
Será uma mudança radical

Pois no mundo em que vivemos
Ninguém é obrigado a amar
O importante em sociedade
É um ao outro respeitar
Amizade se conquista
Rapidinho ou devagar

É só dá tempo ao tempo
Deixar as coisas acontecer
Não sair julgando atoa
Sem a pessoa conhecer
E lembre-se o que faz hoje
Amanhã fazem com você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário