Poetisa Leidiana S. Silva

Poetisa Leidiana S. Silva
********

domingo, 11 de dezembro de 2016

EFEITOS DA SAUDADE

Saudade, saudade...
Quem nunca sentiu
Me diz quem não tem saudade
De alguém que já partiu

Saudade de quem foi
E não voltou ou vai voltar
Saudade de quem viu
E não pode mais olhar

Saudade do que tinha
E agora já não tem
Saudade de algo
Saudade de alguém

A saudade faz chorar
Ela chega a doer
A saudade tortura
Faz até enlouquecer

Saudade machuca
Saudade faz viver
A saudade mata
E se não mata faz sofrer

Saudade do que é bom
Do que é ruim ninguém vai ter
Saudade alimenta
E também faz fome perder

Saudade alegra
Saudade tormenta
Saudade enfraquece
Saudade sustenta

Saudade, saudade...
Um sublime sentimento
O amor eternizado
Que não sai do pensamento

Com certeza todo mundo
Já sentiu, sente ou sentia
Saudade de um sorriso
Ou de uma companhia

Saudade do que viveu
Alguém em algum lugar
Ou saudade de um tempo
Que não pode mais voltar

Quem sente falta de alguém
É porque saudade tem
E quando põe-se a lembrar
É porque a saudade está a rondar

Quando um forte pensamento
A sua mente invade
Se não for preocupação
Simplesmente saudade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário