Poetisa Leidiana S. Silva

Poetisa Leidiana S. Silva
********

domingo, 5 de fevereiro de 2017

A LEI BUMERANGUE

Não... nunca faça com os outros
O quê não quer que faça com você
Ou então mais cedo ou mais tarde
Você muito... irá se arrepender

Ser mal tratado é muito ruim
Pare um pouco para pensar
E antes de maltratar alguem
Se coloque em seu lugar

Consequência é um bumerangue
Que você lança no que ver
Só que quando menos espera
Ela volta direto para você

E o ruim do bumerangue
É que depois de se lançar
Ele volta a lhe atingir
Sem nem você esperar

Assim é a consequência
Pois você hoje faz mal
E amanhã ou depois
Você passa por pior ou igual

Por isso é muito bom
Você pensar muito bem
Antes de sair por aí
Maltratando alguém

Pense duas ou três vezes
Pensar nunca é em vão
Pois bem antes de lançar
O bumerangue está em sua mão

Se depois de você lançar
Voltar para lhe atacar
Qual vai ser a sua desculpa
O que você vai alegar

Pense bem... pois se depois
Voltar e lhe atingir
Se lançou sem pensar bem
Não poderá nem discutir

Essa é a lei do retorno
Ela ronda por todo o mundo
E pega tanto o bom e descente
Quando a um indecente imundo

A lei do retorno
Não perdoa é ninguém
Quando menos se espera
Mais rápido a consequência vem

Por isso é muito bom
O bem sempre praticar
Fazer o bem sem ver a quem
Bom exemplo demonstrar

O bem ou mal que se faz hoje
Uma hora volta para você
E isso sempre acontecerá
Quando menos se perceber

Isso são coisas da vida
Onde é bom sempre se conter
E não querer para o seu próximo
O que não quer para você

Não lance bumerangue
Pois ele é traiçoeiro
É tipo juros e multa
Que só come seu dinheiro

É muitíssimo importante
Prestar sempre... a atenção
Para ver o mundo transformar
Através da compaixão

O bem que hoje faz a alguém
Amanhã, vai... receber...
Do mesmo jeito se fazer mal
Amanhã pode... perecer

Cuidadosamente aqui apresentei
"A lei do retorno" e dela vou falar
Se a transgredir, irá se arrepender
Ela é terrível, pode acreditar

E não importa a gravidade
Que ela vim a cometer
Quando menos esperar
Ela vai te surpreender

A famosa lei do retorno
Boa e também tortuante
Que só depende do seu ato
Esta é a lei bumerangue

Nunca brinque com essa lei
Ou o castigo é a sua resposta
Pois ela sempre irá te punir
Você esteja de frente ou de costa

A lei bumerangue
Funciona, com e sem fé
E não tem como escapar
Pois ela pega pelo pé.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário