Poetisa Leidiana S. Silva

Poetisa Leidiana S. Silva
********

segunda-feira, 31 de julho de 2017

QUANDO UM CASAMENTO ACABA

Quando um casamento
Chega ao fim e se acaba
A gravata desfaz o nó
E o véu... então se rasga

Quando um casamento acaba
A família também se desfaz
E a melhor coisa a se fazer
É cada um seguir a vida em paz

Quando o casamento vai acabar
É muito fácil de se perceber
Quando um casamento está no fim
Até mesmo um bobo consegue ver

Porque no fim de um casamento
O casal fica muito indiferente
E quando digo que o bobo ver
É porque sei que até ele sente

Se o casal não se suportam
E já não se tocam mais
Se não mais nem se olham
Não adianta... voltar atrás

Aos olhos do marido
A mulher perdeu a beleza
E aos olhos da mulher
O marido é uma tristeza

O homem fica sem paciência
Não valoriza nada que Ela faz
E a mulher bem descontente
Logo pensa: "Não o amo mais"

Os dois já nem se falam
E quando chegam a se falar
Não sai nenhuma conversa
Pois só sabem é brigar

Pense em algo desgastante
É um casamento no fim!
Até pra quem está de fora
Isso é algo demais ruim

É triste, muito... triste
Ver uma família se desfazendo
Ver um amor que era lindo
Aos pouquinhos ir morrendo

Se o amor se desfazer
É porque não era amor
E foi um grande equívoco
O motivo que os juntou

Quando um casamento acaba
Se ver que tudo foi ilusão
E só fica um grande vazio
Em dois "desiludido coração"

Mas, se acabou... acabou...
A vida tem que continuar...
Se o casal não mais se combina
Tem mesmo que se separar

Só que depois será tarde
Para uma reconciliação
Pois ela pode ir embora
De navio, carro ou avião

Embora para outro Estado
Ou mesmo para outro País
Ir para uma outra cidade
"Procurando ser feliz..."

A mulher que ele não valorizou
Outro pode em fim a valorizar
E o amor que ele não a deu
Ela pode neste outro encontrar

E quando ele cair em si
E querer voltar atrás
A única coisa que vai achar
É um adeus e nunca mais...

Ele vai querer reconciliar
E esquecer-se do passado
Mas nesta hora ela estará
Feliz, com o outro ao lado

A mulher é a mesma coisa
Se do marido não cuidar
Não adiante se arrepender
Só depois que Ele a largar

Pois pode se surpreender
Quando quiser voltar atrás
E ver que alguém o faz feliz
E que ele, não a quer mais

Quando ver que o perdeu
Seu coração muito vai doer
Pois geralmente se dá valor
Depois que acaba de perder

Quando um casamento acaba
É porque não tem mais amor
E o casamento foi um erro
Não se deram o devido valor

Um não faz falta para o outro
Então fica, um de cada lado
Direto ignorando um ao outro
"Assim é um casal separado"

Quando o amor não mais existe
E a convivência tá se desfazendo
Insistir neste amor que acabou
É querer continuar sofrendo

Quando o casamento acaba
Entenda, bom ou ruim acabou
É se ambos querem ser feliz
Vão procurar "um novo amor"

Não conheço outro remédio
Que de verdade cure essa dor
O que cura um vazio coração
É simplesmente outro amor

Para o casamento não se acabar
O casal tem que muito se dar valor
Tratar, sempre bem, um ao outro
Dar muito carinho, atenção e amor.

sábado, 29 de julho de 2017

TEM GENTE QUE...

Tem gente que é chata
E tem gente que é legal
Tem gente que é animada
E tem gente que é animal

Tem gente que diminui
E tem quem só aumenta
Tem gente que vai e faz
E tem os que só tenta

Tem gente que mente
E tem quem fala a verdade
Tem gente que inventa
E quem só fala a realidade

Tem gente que vai...
E tem gente que quer ir
Tem gente que senti
E tem quem finge sentir

Tem gente que é..
E tem quem quer ser
Tem gente diferente
E igualzinho a você

Tem gente que vem
E tem quem quer vim
Tem muita gente boa
E também tem ruim

Tem gente de coragem
E também tem gente sem
Tem quem não vale nada
E tem quem vale por cem

Tem gente que vale tudo
E tem quem vale só mil
Tem gente que vale dez
E quem não vale um til

Tem gente que muito valia
E que já não vale mais
Tem gente que nunca valeu
E nem vai valer jamais

Tem gente que não
E tem gente que aguenta
Tem gente que corre
E tem gente que enfrenta

Tem quem gosta do amarelo
E quem gasta do vermelho
Tem quem gosta do laranja
E do branco cor de coelho

Tem gente que é gente boa
E tem gente que é uma mala
Tem quem chupa pirulito
E tem quem só chupa bala

Tem gente que não lhe olha
E tem gente que lhe encara
Tem gente que lhe abandona
E tem gente que lhe ampara

Tem mesmo gente para tudo
Tem gente para todo gosto
Tem quem lhe só traz alegria
E quem só lhe causa desgosto

Tem alguém para mim
E tem alguém para você
Tem quem vem decepcionar
E quem vem surpreender

Olhe bem seu arredor
Veja: "Sempre tem alguém"
Tem muitíssimas gente boa
E algumas ruins também

Tem gente que só te julga
E quem não quer te julgar
Tem gente que te atrapalha
E tem quem só quer ajudar

Tem gente que estado com você
Dá para sentir "Que só tem maldade"
E tem gente que simplesmente
Vai lhe transmitindo a maior felicidade

Tem gente que só ama
E tem quem só odeia
Tem gente que a ruindade
Corre direto dentro da veia

E que tem gente boazinha
Que nasceu só para amar
E simplesmente tem outras
Que nasceu para odiar

Na verdade simplesmente
Existe todo tipo de gente
Só não dá para confiar
Pois elas mudam de repente

Hoje elas sentem muito
E amanhã já não sentem
Pois hoje são seus parceiros
E amanhã seus concorrentes

Particularmente falo
Não gosto de malandragem
E meio termo para mim
Não passa de falsidade

Tem gente que é assim
E tem gente que é assado
Tem gente que fala muito
E tem gente que fica calado.

Calei...

quinta-feira, 27 de julho de 2017

O FRACO DE QUEM BEBE

Um homem bebe e chora
Sentado numa mesa
Na mesa de um bar
Tomando uma cerveja

Depois de tomar uma...
Tomar duas e tomar três...
O homem conta seu segredo
Fala tudo o que já fez

O fraco de quem bebe
É que fala de mais...
Muitas vezes até mente
E fala até o que não faz...

E quando é cachaça
O que ele está tomando
Vexame atrás de vexame
Acredite ele vai dando

Sentado numa mesa
Bebendo sem parar
Só se sabe que está ruim
Na hora dele levantar

É muito engraçado
Um bêbado cantando
E também é revoltante
Quando ele está xingando

Quer beber então beba
Ninguém nada com isso tem
Só que saiba o beber
E não mexa com ninguém

Beba um vinho quente
Ou um copo de quentão
Uma dose de conhaque
Ou uma pinga com limão

Baba uma caipirinha
Ou até mesmo um licor
Só não esqueça que bebe
É a saúde não dar valor

Beber de vez em quando
Moderado, ainda vai
Mas beber exagerado
Bem algum isso lhe faz

À ti eu dou um conselho
Saiba o que beber
Ou quando ficar velho
Muito vai se arrepender

Saúde não se compra
E o tempo não volta atrás
Beba com moderação
E se beber - Dirigir jamais

Para quem realmente curte
Beber é muito... bom
Ainda mais domingo a tarde
Comendo carne e curtindo um som

Dia de bebedeira
É dia de folia...
Então nada de estresse
Tem que ser só alegria.

MULHER SERTANEJA

Com toda sua formosura
Seu charme e sua beleza
O grande orgulho do Sertão
É a mulher Sertaneja

Além de linda, a Nortista
É mulher cabeça quente
Quando ela não está na lida
Com certeza está doente

E a mulher nordestina
Pense num mulherão
Seja ela gorda ou magra
Tem cintura de pilão

Mulher que toma cachaça
Que anda descalça na areia
Mulher que vale por duas
Mulher de sangue na veia

Mulher mesmo "arretada"
Das quebradas do Sertão
Que foi criada com cuscuz
Sem saber o quê é pão

Toda mulher Sertaneja
É o sofrimento em pessoa
Mulher brava como uma onça
Mas no fundo... gente boa

E mesmo sendo sofredora
És mulher de nota mil
Mulher que para a casa toda
Vai lavar às roupas no rio

Ela tira água do poço
E busca água no açude
Sempre firme na sua fé
Espera que Deus a ajude

Com as curvas alinhadas
Do seu corpo violão
Quando quer é boazinha
Ou é ruim pior que o cão

Criada com leite de cabra
E mingau de pó de farinha
Já que em meio a tanta seca
Não tem outra comidinha

Mas isso não é ruim
Bem pior fica ao crescer
Pois farinha com feijão
É o que tem para comer

Ela pega umas folhas bredo
Ou mesmo folhas de batata
E prepara aquele "caruru"
Para a alegria da moçada

No meio da caatinga
Lá mora o sofrimento
E também a Sertaneja
Ela e todo seu lamento

Mas mesmo com o sofrimento
Estampado em sua cara
A beleza da mulher sertanejo
Ainda é... uma coisa rara

Que seja do Norte ou Nordeste
Da caatinga ou do Serrado
A Nortista e a Nordestina
Ambas tem um gênio arretado

Mulher sertaneja
Beldade do Sertão
De triste sorriso
E sofrido coração

Mas uma mulher valente
Uma mulher determinada
Uma mulher tão... segura
Que não tem medo de nada

Naturalmente linda
De beleza encantadora
A mulher Sertaneja
É realmente vencedora.

quarta-feira, 26 de julho de 2017

A DOR DO ABANDONO

Uma pergunta me corrói
Machuca meu coração
E a falta de resposta
Deixa-me até sem chão

Porque que ela me deixou
Meu coração à perguntar:
Batendo acelerado...
E eu me acabando de chorar

Logo hoje que tristeza
Que total decepção
Eu ia a pedir em casamento
E ela partiu meu coração

Simplesmente me deixou
Agora estou abandonando
O meu mundo desabou
Tô me sentindo massacrado

Fiz tudo certinho
Sempre fui bem comportado
Sou o tipo de homem
Que toda mulher quer um do lado

Porque ela me deixou
O que aconteceu
Me fala por favor
O que se sucedeu

Não aguento mais
Tamanha aflição
Hoje ela simplesmente
Pisoteou meu coração

Se ela não mais me queria
Porque me iludiu
Porque fingiu me amar
E agora sumiu

Eu estava tão feliz
Estava tão apaixonado
Que nem mesmo percebi
Que iria ser abandonado

Foi um choque de repente
Realmente foi uma tortura
E essa falta de resposta
Tá me levando a loucura

Oh, mulher cruel
Porque tanta crueldade?
Como pode um ser tão lindo;
Ter em si tanta maldade!

Mas vou me recuperar
Vou agora mesmo me compor
Essa mulher ardilosa
Não merece meu amor

Não vou me desanimar
Essa mulher vou esquecer
Tenho certeza que outra mulher
Melhor que ela vou conhecer

E quanto a ela, se um dia
Se arrepender e querer voltar
Vai ser sua maior tristeza
Pois terá outra em seu lugar

Hoje eu estou chorando
Mas amanhã posso sorrir
Toda essa humilhação
Tenho certeza não mereci

Mas vou virar a página
E minha vida vou tocar
E como eu já falei...
Porei outra em seu lugar.

terça-feira, 25 de julho de 2017

POESIA, A ESSÊNCIA DA ALMA

Simplesmente, a poesia
A essência é da alma
Envolvente e excitante
Ela alegra e acalma...

O pulsar constante da veia
Que passa pelo coração
E como um fogo se candeia
Realidade... e ilusão...

Como fogo aquece a alma
E da derrota leva a glória
Para sempre... se eterniza
Registrando-se na história

Poesia é fogo que queima
E é água transparente
Também é terra adubada
E é chuva com enchente

Algo inesquecível
Poesia é viver
É sonhar, imagina
Poesia é acontecer

Uma essência única
Essa é a poesia
De fragrância surpreendente
Seu perfume erradia

Poesia é amor...
Ódio e ressentimento
Poesia é alegria...
E triste de momento

Assim como o fogo ardente
A poesia também tem chama
Que se acende de repente
Quando alguém a declama

A Poesia é fogo
E o Poeta é lenha
Poesia é o cofre
E o Poeta a senha

Poeta sem poesia
É igual fiel sem fé
Poesia sem Poeta
É o mar sem maré

Isso é um grande dilema
Gera até confusão
Confunde a beça às ideias
E deixa a mente a milhão

Poesia é a cura
Para quem está deprimido
Pois assim como a loucura
Ela mexe com o juízo

O intelecto escondido
Camuflado em cada ser
Que é chamado poesia
Sempre vai prevalecer

Pois a poesia não morre
E nunca vai se acabar
Parecida com o fogo
Ela está em todo lugar

Acende aqui e acolá
Dentro da mente e no olhar
Pode acender numa canção
Ou num verso a recitar

Principalmente a poesia
Vem em forma de paixão
Do tipo avassaladora
E acende no coração

A poesia pra sempre fica
Em seu ser ela faz morada
Sua essência se espalha
E sua chama faz queimada

Depois disso não tem jeito
Não tem como a esquecer
Deste momento à diante
Ela faz parte de você.

segunda-feira, 24 de julho de 2017

RECONSTRUIR É BOM

Já reconstruí minha vida
Tantas vezes... E nada dura!
Que já estou até pensando
Em estudar arquitetura

Para descobrir o segredo da vida
E saber qual melhor estrutura
Porque do jeito que estar
Vai é levar-me à loucura

Ficar constrói e reconstrói
Bagunça a mente e a alma dói
Desorienta a pessoa
E até mesmo o corpo dói

Reconstruir alguma coisa
É assumir que deu errado
Ou admitir que o tempo passou
E o algo ficou deteriorado

Reconstruir não é bom
Bom mesmo é construir
Pois para se reconstruir algo
Primeiro tem que o destruir

Reconstruir é desmanchar
E novamente refazer
Ou até mesmo restaurar
O que original nunca vai ser

A reflexão de vida
É chamada recomeço
Que estranhamente é igual
A se mudar de endereço

Pois incômoda, e entristece
Desorienta e desanima
Mas há mal que vem pra o bem
É o que a vida nos ensina

A mudança pode ser boa
E a reconstrução ser o reviver
É como eu sempre digo
Só depende de você...

Quando se é determinado
Reconstruir é divertido
A mudança é interessante
E tudo passa a ter sentido

Você chega aonde quer
Consegue o que deseja
E a vida fica é linda
Comparada a uma cereja

Você se torna um arquiteto
Sem estudar arquitetura
Se tornando em alegria
O que achava ser loucura

Refaça... reconstrua...
Quantas vezes for preciso
É bem melhor se refazer
Do que ficar no prejuízo

Faça como o oleiro
Que faz e sempre refaz
Termina e recomeça
Sem desanimar jamais

Reconstruir é bom
Se bom você fizer
Reconstrua a cada dia
Sua alegria e sua fé

Reconstruir é continuar
Reconstruir é não desistir
Reconstruir é recomeçar
Determinadamente persistir.

QUEM ME COMPLETA

Quem não me completa
Falta também não me faz!
Então uso aquele lema
Que tanto fez, tanto faz

Quem não me completa
Com certeza é insignificante
Esse tipo para eu esquecer
É uma questão de instante

Quem não me completa
Pra mim é tipo um azar
Pois se não me ajuda
Pode até me atrapalhar

Quem não me completa
Para nada me deve servir
Então eu sempre digo;
Sai pra lá... some daqui.

Quem não me completa
Deve não nem me merecer
Então saindo da minha vida
Nenhuma falta vai fazer

Quem não me completa
Pode até me esvaziar
Esse tipo sami-suga
Eu não quero nem encontrar

Gente negativa
O tipo invejosa
Aquela duas caras
Do tipo maliciosa

Uma figura interesseira
Que nadinha... faz atoa
Do tipo que não vale nada
Mas que se finge de boa

Já falei e repito
E não fale que sou ruim
Mas esse tipo de pessoa
Quero é longe de mim

Esse tipo me faz mal
Atrasa a minha vida
Pois mesmo me odiando
Me chama de querida

Sua falsidade é tanta
Que vai além do normal
Pois finge te querer bem
E na verdade te quer mal

Eu tenho tanto medo
Que já vivo desconfiada
Sempre meditando
Espero está enganada

Mas isso é normal
Pois muito me decepcionei
Diversas vezes fui traída
Por pessoas em quem confiei

Quem por borra de vela
Um dia foi queimado
Pode ter certeza
Ainda é traumatizado

Mas não vou deixar
Que meu medo vire corrente
Envolva-me todinha
Me prendendo de repente

Vou continuar procurando
Por alguém em quem confiar
Alguém que me completa
A quem eu possa me apegar

Sei que tem muita gente
Que a amizade é um dom
Gente tipo sem malícia
Pessoas de coração bom

Esse tipo sei que é raro
Mas quero muito encontrar
Aquela pessoa positiva
Cujo a missão é completar

Alguém que te completa
Transmite grande bem
E estando ao teu lado
Se sente bem também.

domingo, 23 de julho de 2017

A POETA DA FAVELA

Na Favela Palmeirinha
Da Cidade de Votorantim
É onde por muitos anos
Num Barraco me escondi

Nem sempre morei em Favela
Mas de uma Favela sair
Isso mesmo: Por dez anos!
Numa Favela residir

Ali me escondi do frio
E suportei todo o calor
Temi chuva e trovão
E perigos que me rondou

Sofri muito com a fumaça
De todo o lixo que queimaram
E mesmo sabendo que mal causava
Nunquinha que se importaram

Num barraco desgastado
Com buracos aqui e acolá
Que quando o tempo ia esfriando
Lá dentro já estava a ventar

Vento entrava de um lado
E do outro já saia
Amedrontando às crianças
Que até perderam a alegria

A energia sempre faltava
Tanto de noite, quanto de dia
E ainda para minha tristeza
O cano d'água sempre entupia

Um dia acordei assustada
Com a casa fumaçando
E quando olhei para cima
A fiação estava queimando

Gritei socorro, desesperada
Com um alicate na mão
E pedi para um rapaz
Cortar para mim a fiação

E naquela triste noite
No escuro eu dormir
E nem se quer uma vela
Depois disso acendi

O dia amanheceu
E então o estrago vi
Teria morrido queimada
Se continuasse a dormir

Mas os céus me ouviu
Até Deus chegou meu clamou
E essa Poeta aqui...
Um apartamento ganhou

Hoje tenho um endereço
Hoje tenho o meu lar
Mas essa Poeta aqui
Chegou numa Favela morar

Sou a Poeta da Favela
A Poeta da Periferia
Que mesmo sem muito estudo
Sabe... fazer poesia.

domingo, 16 de julho de 2017

O COMEÇO É O CAMINHO

Nenhum caminho é tão estreito
Que não se pode nele andar
Pois se é chamado de camiho
É porque nele se pode trafegar

Todo caminho é caminho
Sendo ele lorgo ou não
Caminho é feito para anda
Sendo asfaltado ou no chão

"Caminho..." já fala tudo
Foi feito para caminhar
Realmente uma via ativa
Própria para circular

Tem caminho largo
E tem estreito também
Tem caminho que só vai
E o caminho que só vem

Tem caminho duplo
Tem o triplo e muito mais
E quanto mais caminho tem
Mais caminho ainda se faz

Além de ter a Rua
Também tem a Viela
Tem a Pista e Avenida
Rodovia e Passarela

Também tem a Travessa
A Estrada para caminhar
E um pouco mais radical
Tem a Trilha para explorar

É um sobe e desse, desse e sobe
Um vai... e vem, e um vem e vai...
É um tal de rola e enrola
Só que do caminho não sai...

Na verdade o caminho
Já faz parte da nossa vida
Quem não está num caminho
É porque está perdida

Caminho leva
E caminho traz
Caminho guia
Ou perdido faz

Depende de você
Tomar um bom caminho
Não importa se acompanhando
Ou mesmo até sozinho

Tem caminho sem volta
Tem caminho só de ida
Por isso se tem que pensar
Muito bem em sua vida

Tem caminho de curva
Que termina onde começa
E também tem o mão dupla
Que é a estrada vice-versa

Tem caminho que termina
Logo após de começar
Pois pararam na metade
Sem o caminho terminar

Caminho vai...
E caminho vem
E até mesmo a vida
Tem seu caminho também

Caminho é começo
E também é fim...
Caminhar cansa
Mas não é nada ruim.

sábado, 15 de julho de 2017

DESEJO CLIMÁTICO

E ultimamente...
Só noites quente...
Deus, ó meu Deus...
Acode aqui a gente!

Quero frio, muito frio...
Madrugada a neblinar
Quero que esse tempo
Volte mesmo a esfriar

Quero que essa terra
Volte a ser terra boa
Sei que muito erramos
Então ò Deus nos perdoa...

E transforma São Paulo
No estado da garoa...
Manda seu bom tempo
Tipo chuva sem vento

Olha por um momento
Para o nosso sofrimento
Tanto calor assim
Eu mesmo não aguento

Desejo dias frios
Totalmente nublado
Para que todos queira
Ficar bem agasalho

Ver a grama molhadinha
E saber que ninguém regou
Ter total convicção
Que foi obra do criador

É o que eu desejo
E a natureza veja bem!
Pois as plantas e animais
Com o calor sofrem também

Desejo um tempo estável
Com frio e com calor
Um belo clima tropical
Com a ajuda do Senhor

De Fevereiro a Fevereiro
Quero clima aconchegante
Para usar botas e chapéu
Mais um casaco elegante

Eu sempre... admirei
Um frio normalizado
Do tipo que se curte
E ainda fica apaixonado.

sexta-feira, 14 de julho de 2017

DEUS E O HOMEM

Uma enorme diferença
Um caso de impressionar
É entre Deus e o Homem
Espera aí que vou contar

O Homem é imprevisível
O Homem é enganador
O Homem é astuto
E de um limitado amor

Diferente do Homem
Deus é justo e fiel...
Seu amor é infinito
Quão doce como mel

Deus é verdadeiro
Já o Homem raramente
Deus cumpre o que promete
Já o Homem só mente

Deus não volta atrás
Já o Homem vive voltando
Deus é super... sincero
Já o Homem vive enganando

O homem não garante
Pois vive mudando de ideia
E tem uma desculpa pra tudo
Do "tipo" engana platéia

Pense em um ser
Mentiroso e inconsciente
Pois é, esse é o Homem
Quando não mente fica doente

Deus garante a sua palavra
E termina o que começa
Como é fiel e verdadeiro
Sempre cumpre sua promessa

Feliz mesmo é o Homem
Que em Deus é sua confiança
Que vive nos seus preceitos
Sem perder jamais a esperança

Quem é fiel a medida do possível
Seguindo o que Deus ensinou
Amando e ajudando seu próximo
Da maneira que Deus ordenou

Não praticando a maldade
Nem retribuindo mal com mal
Sendo amoroso e sincero
Como dizem: Uma pessoa legal

Afinal Deus fez o Homem
Com uma única finalidade
Ser a sua própria imagem
E fazer a sua vontade

Aqui na terra vivemos
E um dia terra seremos
Praticar o bem é preciso
Não importa o que passemos

Igual a Deus não podemos ser
Mas podemos nos esforçar
E começar a fazer tudo diferente
E melhor do que somos nos tornar

O Homem pode ser sincero
E o Homem pode bom ser
O Homem pode ser amável
Só depende do Homem querer.

terça-feira, 11 de julho de 2017

O CAMINHO DA VIDA E DO AMOR

A vida tem só um fim
E muito recomeço
E caminho por mais reto
É cheio de tropeço

O amor é um armadilha
Do tipo bem estranha
Comparo o amor
A uma teia de aranha

Pois pega sua presa
E não a solta mais
A única diferença
É que amor bem faz

Casamento é um grande salto
Também é uma mudança radical
Uma junção de duas cabeças
Duas mentes que não pensa igual

Tem algumas pessoas
Que tem sorte no amor
E consegue ser feliz
Com o alguém que se casou

Tem quem depois de casado
Se apaixona ainda mais
E infelizmente tem aqueles
Que do casamento inferno faz

Na verdade umas pessoas
Tem mais é muito azar
Pois já pede o divórcio
Logo após de se casar

E pode ter certeza
Quem o amor não valoriza
A sua felicidade
Inteirinha desperdiça

E o destino nela
Será sofrer, sofrer, sofrer
Envelhecer sozinha
E no fim sozinha morrer

Isso não é vida
Muito menos viver
Só o amor constrói
E nos faz sobreviver

Quando às brigas ficam constantes
E até da cama já se separou
Quando não mais consegue se olhar
Acredite não tem mais amor

Assim como a vida
O amor tem um trágico fim
Juntar-se é bom demais
Mas separar-se é muito ruim

E assim como a vida
O amor tem seu recomeço
E se pode trocar de amor
Assim como de endereço

Mas tem quem escolhe um amor
E nunca, nunca é trocado
Pois igualmente ao endereço
O seu amor é valorizado

O seu amor se torna único
E não tem substituição
Não tem nada melhor que ele
Não tem nem comparação

A vida fica muito linda
Tudo fica mais prazeroso
E assim como um chocolate
O seu viver fica gostoso

Tipo a casa dos sonhos
Que com esforço constituiu
Nela seu filhos nasceram
E você dela nunca saiu

E a sua linda história
Se torna uma coisa rara
Com um único começo
E o fim que nada se compara

Pois a perfeição da vida
Igualmente a perfeição do amor
É ser feliz e realizado
Com o que o destino lhe presenteou

A nossa vida e nosso amor
É de Deus dois grande presente
E nosso progresso ao longo da vida
Depende muito dos atos da gente

Progresso é a linha da vida
O caminha a se trilhar
Viver o amor intensamente
É do caminho não desviar

O carinho da vida e do amor
Foi projetado na mesma estrada
E o objetivo desse projeto
Foi dois progressos em uma jornada

Viver e amar - Amar e viver
Para o seu tempo não perder
E depois se arrepender
Pois a mudança faz sofrer

Mudança é novos hábitos
É o estranho enfrentar
É voltar no meio do caminho
E a distância calcular

É caminhar tudo de novo
Sem pensar muito na distância
É sofrer, penar e suportar
Sem nunca perder a esperança.

segunda-feira, 10 de julho de 2017

O QUE QUERO DESTA VIDA

O que quero de mim mesma
Juro que não sei explicar
Simplesmente viro e mexo
E deixo às coisas rolar

Se vim aqui me perguntar
O que quero de você
Estará perdendo tempo
Pois também não sei dizer

Mas o que quero desta vida
O que minha alma tanto quer
Sinceramente... é ser feliz
E nunca! Nunca perder a fé

Já da noite quero sono
Uma boa cama para dormir
Um cobertor para embrulhar
E sonhar que enriquecer

Da laranja quero um gomo
Da revista um só recorte
E do dia de amanhã
O que quero é muita "sorte"

Para o mundo quero paz
Isso é algo que sempre quis;
E o que quero deste mundo
De verdade é ser feliz

Do limão eu quero o suco
Para temperar uma salada
E se o suco for bastante
Também faço uma limonada

Da macieira quero uma maçã
Verde ou madura, tanto faz!
Maçã é a fruta que mais amo
O seu sabor me satisfaz

No calor eu quero água
Para beber e me molhar
E também um ventilador
Para o meu corpo refrescar

Neste mundo nada tenho
A não ser a minha vida
Então sou grata por viver
E por mim mesma sou querida

Assim dizem que viver
É melhor do que sonhar
Realmente é verdade
Trate de acreditar...

Só não podemos esquecer
Que sonhar também é viver
O que sustenta os seus sonhos
É a fé, que vive em você

Dizem até que receber
É bem melhor, do que dar
Isso eu não acredito
Só que finjo acreditar

Na verdade a minha crença
É que dar é bom de mais
E também que volta em dobro
Todo o bem que você faz

Então faço sempre o bem
Me habituei em o praticar
E sei que, uma hora ou outra
Deus vai me recompensar

Não importa o que recebo
O importante é o que dou
Que é o amor e a atenção
Do jeito que Deus ensinou

O que eu tanto quero
E o que um dia posso ter
O que terei ou não
Só o destino vai dizer

A minha única certeza
É que quero felicidade
E quero aproveitar
A fase de cada idade

O que quero desta viva?
Aquilo que eu sempre quis!
Eu sempre disse e repito;
O que quero é ser feliz.

domingo, 9 de julho de 2017

O CARINHO E A ATENÇÃO

Mendigar carinho
Ou mendigar atenção
Isso ninguém merece
Pois é uma humilhação

A atenção tem que ser espontânea
E o carinho é pra ser de bom grado
Preste atenção: se não for desse jeito;
Pode esquecer, pode deixar de lado

Carinho não se mendiga
E atenção não se implora
Carinho deve ser constante
E atenção a toda hora

Se alguém na devida hora
Não te dar uma atenção
Pode crê! Pior que isso
Pode te deixar na mão

Pois quem um simples carinho
Não consegue te demonstrar
Não espere de verdade
Que este mesmo vai te amar

Saiba que carinho e atenção
São complementos do amor
E também da boa educação
Se é que um dia alguém o ensinou

O carinho sem atenção
Ele demora de acontecer
Pois só terá mesmo carinho
Se a atenção prevalecer

Um verdadeiro amigo
Lhe dá muita atenção
Lhe trata com carinho
Lhe tem consideração

E um verdadeiro amor
Um amor apaixonado
Dá sempre muito carinho
E pelo amor é empenhado

Quem ama ou respeita
Sempre dá atenção
E tem o maior prazer
De servir de inspiração

"Carinho e atenção"
Não tem nada melhor
O carinho é um laço
E cada gesto é um nó

Quem dá carinho e atenção
Nunca que se sente só
Para quem recebe carinho é bom
E para quem dar é ainda melhor

Receber carinho e atenção
Não tem nada igual
Quem recebe se sente feliz
E quem dá sensacional

Além de bom exemplo
Dar carinho e atenção
Faz parte de uma pessoa
Que tem um bom coração

Um ser sem sentimento
Que só pensa em se só
Um exemplo de maldade
Esse é um ser digno de dó

Carinho não se mendiga
Nem se pode implorar
O carinho e a atenção
Pode um triste alegrar

"O carinho e a atenção"
Simplesmente se dar
Simplesmente acontece
Sem ter que a barra forçar

Quem quer receber carinho
Carinho também tem que dar
Sem esquecer que o carinho
Está no toque e no olhar

Um olhar carinhoso
Um toque delicado
É muito bom ganhar
Um abraço apertado

Cuidados de um amigo
A atenção do seu amor
Serve até de remédio
Para curar certa dor

Pensando e repensando
Minha opinião eu dou
"O carinho e a atenção"
É algo de grande valor.

A POESIA E A POETA INQUIETA

Nasci poeta, sou inquieta
E não ando de bicicleta
Sou do tipo, bem... extrovertida
E ao mesmo tempo sou discreta
O principal é que sou poeta

Sou tristemente alegre
Me chamam até de bipolar
Pois brinco e ao mesmo tempo
Do nada um mal humor me dar
E começo a me estressar

Às vezes é engraçado
Minha mudança de humor
Estou triste, estou alegre
E riu até sentindo dor
Nem eu... sei como que sou

Simplesmente complicado
É esse meu jeito de ser
Até quebro a cabeça
Para poder me entender
"É o tal de ser ou não ser!"

Acaba virando confusão
Lá no fundo da minha mente
Termina atacando os nervos
O pobre coração que sente
E até eu... fico doente

Mas não posso perder o foco
E continuo poetizando
Começo até a fazer graça
Para a alma ir alegrando
E a vida vou levando

Sou poeta, sou discreta
Não parece, mas sou esperta
Sou tristeza e sou alegria
Isso depende de cada dia
Sossegado ou folia

Nasci para ser poeta
E poeta é o que sou
Poeta sempre poeta
Poetizo com amor
Poesia é meu louvor

Uma Poeta eu nasci
Poeta sempre vou ser
Para sempre Poeta
Uma Poeta até morrer
Poetizar é meu prazer

Poeta inquieta
Esse é o jeito que sou
De fases como a lua
Mas escrevo com amor
Meu jeito nunca atrapalhou

Poeta sempre alerta
Em casa e na rua
Pois se paro de escrever
A minha cabeça continua
A poesia em mim atua

Uma poeta inspirada
Movida a emoção
Que adora escrever
Poesia é sua paixão
Escreve com o coração

Minha mente fica confusa
Mas depois ela se acerta
Então eu já me conformei
Nasci poeta e inquieta
E escrever é minha meta.

sábado, 8 de julho de 2017

A BELEZA E O CHEIRO DO AMOR

Surpreendentemente...
O amor é como uma rosa
De formas surpreendentes
E beleza majestosa...

O amor é realmente lindo
O amor é envolvente
Entra dentro do coração
E comove nossa mente

O amor ninguém compra
Pois amor é volunrarial
Ele acontece sem esperar
De maneira natural

A beleza do amor
É difícil de explicar
Mas olhando uma rosa
Se consegue imaginar

O amor é paz
O amor é harmonia
O amor é calma
O amor é alegria

E acredite, o amor também
Pode ser tipo avassalador
Pois ele pode causar tanto:
Uma paz serena ou grande dor

O amor pode ser instável
Ou muito bem estabilizado
Comparado ao pé da flor
Que mucha se não for regado

Amor se rega com cuidado
Amor se rega com atenção
Amor se rega com carinho
Pois é plantado no coração

E assim como a rosa
O amor gosta de aconchego
A rosa gosta de uma sombra
E o amor gosta de beijo

A rosa gosta de ser admirada
E o amor quer ter atenção
O que os dois tem em comum
É que são movidos pela emoção

Os dois são mesmo lindos
A rosa e o amor
E o símbolo do romance
É o que a rosa se tornou

O amor é o símbolo da vida
Um sentimento sem igual
Que tem a beleza da rosa
Um um perfume natural

Pois o amor cheira...
Cheira carinho ou paixão
O amor cheira na alma
Perfumando o coração

O amor cheira rosa
O amor cheira flor
O cheiro mais cheiroso
É o cheiro do amor

Um cheiro que fascina
É o cheiro do amor
Cheiro doce envolvente
Cheiro mais encantador.