quinta-feira, 14 de março de 2019

TUDO É UM JOGO

No início tudo é estranho
Tudo é muito diferente
Pois início é aprendizado
O início é surpreendente

Mesmo que meio confuso
No início é gostoso
Dá-lhe determinação
E o deixa até corajoso

No início é animado
Você vai na contramão
Se arrisca, aposta alto
Muito grande é a emoção

Volta do meio, lá para o início
E se preciso, recomeça sem reclamar
Pois mesmo sabendo que pode perder
É sempre convicto de que vai ganhar

Se arrisca perigosamente
Ciente de perder ou de ganhar
E então a vida vai levando
Constantemente a se arriscar

Aposta até no desconhecido
Calculando ganhar ou perder
Insiste no que não conhece
Até enfim, bem íntimos ser

Aposta pouco e aposta muito
Nunca cansa de se arriscar
Seja ganhando ou perdendo
Apostando, vai... continuar

Tenta, tenta... e persiste
Tenta e uma pausa dar
E depois continua tentando
Pois acredita uma hora ganhar

Quando ver uma novidade
Logo quer experimentar
Não se assusta com o novo
E está sempre a renovar

Pois tudo é um jogo
Com fases a passar
Desafio a ser vencido
Com recompensa a ganhar

Então joga com sentimento
Joga com muita emoção
Joga com às fichas que tem
Joga até com o coração

E como a vida é um jogo
E o viver é uma jogada
Foque bem nas estratégias
Mas cuidado com às ciladas

Tudo na vida é um jogo
Jogo que dura permanente
E por a vida ser um jogo
Seja você inteligente

A vida é um jogo
Um jogo de xadrez
Onde cada pessoa
Por ordem tem sua vez

A sua vez chegando
Não deixe-a passar
Fique sempre atento
Para a jogada não errar

Faça às apostas certas
Aposte com moderação
Se atente a cada lance
Preste muita atenção

E permaneça-se atento
Mesmo depois de apostar
Sempre com prudência
Para objetivos alcançar

Faça às suas apostas
Só não vai se esquecer
Que no jogo da vida
Derrota é igual morrer

Pois no tabuleiro da vida
Viver é uma jogada arriscada
Chamada de sobrevivência
E o fim dela, é "cheque mate".

No jogo da vida
A derrota é o fim
Então se perdeu!
(É Game Over.)

"Pois tudo é um jogo!"

sexta-feira, 8 de março de 2019

O SER MULHER

Um ser interessante
Bem mais do que legal
Ser super esforçado
Um ser fenomenal

Essa é a mulher
Projetada estrategicamente
Para ser uma estrutura
Pois sua força vem da mente

Uma mulher é bonita
E também é charmosa
Um hora ela é calminha
E às vezes, bem nervosa

A mulher é estrutura
Mas também ela é cabeça
De qualquer jeito a mulher
Sempre é uma lindeza

Se alguém não a valoriza
Ela fica muito chateada
Mas no fim de tudo ela
Será, então... valorizada

Mulher é mesmo de mais
E sempre sabe o que quer
Estou falando dela mesma
Sim! Eu falo da mulher

A bem-aventurada
O ser fenomenal
Que em todo universo
Se diz: Não há igual

A cúbica até de anjo
Que igualmente não se aguentou
E de tanto ver a sua beleza
Por ela também se apaixonou

Mas como não se apaixonar
Como não ficar encantado
Mulher chama a atenção
Até com o jeito envergonhado

Observe uma mulher
Continue... a observar
Só não observe muito
Ou vai se apaixonar

Não existe mulher chata
Não existe mulher feia
Existe com a voltagem errada
Que sua lâmpada não clareia

Lembre-se, e "não se esqueça!"
Para esse erro não cometer
Criticar uma mulher
É não saber, a compreender

Uma mulher chata para você
Para outro alguém ela é legal
E se não a acha interessante
Para outro pode ser atá especial

Uma mulher é música
Aos olhos é cantada
E toda mulher nasceu
Para ser mui bem amada

A mulher é obra prima
Não tem substituição
A mulher é coisa rara
E com a autenticação

O grande diferencial
Deste mundo com certeza
É a existência da mulher
Às suas curvas e sua beleza

Pois como é autêntica
Digna de grande nobreza
Se diz: Não encontrada
Em nenhum outro planeta

A mulher é corajosa
Grandes feitos ela faz
Ela não é só beleza
Ela é isso e muito mais

Simplesmente quando quer
Ela deixa e faz acontecer

Entrando fundo em sua mente
Te manipula, sem tu ver

Ela é forte e é frágil
Ela é sentimental
Ela é o que bem quer
De maneira natural

Incrivelmente especial
Bem mais que os olhos ver
Toda minha admiração
Eu deposito neste Ser.


"O Ser Mulher!"

A FALTA DE VOCÊ

É tortura da minh' alma
O meu corpo com frio
O meu corpo sem o seu
És um universo vazio

A tortura da minh' alma
É ficar sem seu amor
É viver sem ter você
É não senti o teu calor

O meu corpo sem o seu
É um vale escuro e frio
Uma galáxia sem estrela
Um universo bem vazio

Cair num poço sem fundo
Naquela queda constante
Isso é viver sem ter você
E é meio que, agonizante...

Uma tatuagem inacabada
Uma moeda sem valor
O céu escuro sem estrelas
Assim sou eu sem seu amor

Amo muito está contigo
Super amo te abraçar
Amo muito te sentir
Muitíssimo amo te amar

O meu corpo sem o seu
É mesmo um jardim sem flor
Um naufrágio à deriva
Assim sou eu sem seu amor

Uma plantinha murcha
Num sol escaldante
Sem você não dá...
Sem você é angustiante

Uma folhinha verdinha
Jogada em meio ao vento
Secando no árduo sol
Sem você é um tormento

Pois a falta de você
Tortura a minha pobre mente
E se uns segundos te esqueço
Depois me lembro de repente

Você é a minha estrela
És o doce do meu mel
Você é o arco-íris
Que enfeita meu céu

O meu começo e meio
Um tudo és para mim
Sem você não sei viver
Sem você é o meu fim

Sem você minha tortura
Cresce rápido e constante
Pois só penso em você
Cada hora e cada instante

Do meu pobre corpo frio
Você éh o cobertor
Volte para o seu lugar
Pros meus braços meu amor

Por toda a minha vida
Eu prometo a você
Que se para mim voltar
Vou te amar até morrer

Eu te quero aqui de volta
Quero-te aqui comigo
Sua ausência é pesadelo
És meu arqui-inimigo

A solidão muito me dói...
A solidão muito tortura...
Reconquistar o seu amor
De minha doença é a cura

Para sempre eu te quero
Não me deixes meu amor
Vem aquecer meu coração
Que sua ausência esfriou

Venha iluminar minha vida
Ser a estrela do meu céu
Vem adoçar meu coração
Que anda amargo como fel

Acabe com essa tortura
Entregue-me seu coração
Acabe com o meu sofrer
Vem me tirar da solidão

Eu pedir até aos céus
Para ter você aqui comigo
Vem amor, volte pra mim
Venha ser o meu abrigo

Sua falta me tortura
Sem você, tentei, não dá
Volte... volte para mim
Eu estou a te esperar.

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

SE REENCONTRANDO

Quando duas almas se encontram
Um é o ar e o outro a respiração
Às duas mentes se conectam
Se tornando... um só coração

E quando um dos dois se vai
O outro custa de aceitar
Passando a vida lamentando
Só esperando se reencontrar

É o que disse o coração
De uma bela apaixonada
"Que ficar sem seu amor
Foi findar a sua jornada!"

Pois essa dor foi sem fim
Mas vamos logo aos fatos
Poeticamente aqui...
Escrevo-lhe grande relato


Palavras ditas no sofrimento
Onde tristemente eu ouvi
Os relatos dessa bela
A beira da morte em uma uti

A lembrança dele em mim
Tortura o meu coração
Enlouquece minha mente
E o meu viver faz solidão

Pois só a lembrança dele
Foi o que me restou
Quando dos meus braços
O destino lhe tirou...

Muito, muito ainda o sinto
Sinto muito a sua presença
Sinto muita a falta dele
Me doe muito a sua ausência

Só foi o que me restou...
Lembrar... e chorar...
Pois muito lembro e choro
Não consigo, não lembrar!

Lembro... e choro...
Choro... e lamento...
É tanta saudade dele
Que juro não aguento

Lembrar dele é algo bom
Mas a tristeza é sem fim
Lembrar dele me faz sofrer
E acaba sendo meio ruim

Mas lembro... e choro...
Estou sempre lembrando
Sempre lembro sorrindo
Mas, só termino chorando

E a solidão me toma
Começa me machucar
Pois lembro tanto dele
E começo a chorar...

E enlouquecidamente
Minha mente acelera
Falo acalma coração
Mas quando vi, já era...

Eu já chorei de mais
Muito que me entristeci
Meu coração tanto doeu
E eu muito... já sofri

Essa lembrança não passa
A saudade só aumenta...
Que coração vai suportar
Qual mente que aguenta

Mas é tudo o que me restou
Daquele nosso amor bonito
Pois você se foi pra sempre
Você se foi no infinito...

Mas o meu amor ficou
E ainda está a existir
Cravado no meu peito
E não quer de mim sair

Queria tanto você de volta
Eu queria voltar atrás
Queria você aqui comigo
Só isso, isso e nada mais

Eu ainda sinto você
E parece tão real
Mas sei que isso é loucura
No extremo radical

Não consigo aceitar
Porquê que você morreu!
O porque que me deixou?
Porque isso aconteceu!

Meu mundo acabou
Lá no seu sepultamento
Eu passei a vegetar
Pois é... morri por dentro

Depois da sua partida
Só tristeza em mim ficou
Por quê, me diz porque?
O porquê que me deixou!

Que frio...
Estou quase a morrer
Saudade quer levar-me
Para junto de você

Diz-me como superar?
Já tentei muito! Tentei...
Não deu, não conseguir
A areia está escorrendo...

Pi... pi... pi... pi... - "Oi amor!"


Depois de tanto sofrimento
Às duas almas se reencontrou
E aquela bela apaixonada
Eternamente descansou...

Assim é o recomeçar
De almas gêmea é conhecida
Atravessando a eternidade
Isso é amor além da vida.

terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

AMIGOS... E "AMIGO!:

Na hora que você mais precisa
Por seus amigos não é ajudado
E como se fosse um criminoso
Desta maneira é por eles julgado

Melhor que você, eles se julgam
Te olham sentindo-se superior
Demostrando grande crueldade
Desumanidade e falta de amor...

Então inesperadamente... "Surpresa!"
Ver que a maldade deles é de coração
Pois mesmo eles vendo a verdade
Fingem que não viu, e lhe tira a razão

O que era firme desmorona
Sua fé vai desfalecendo
E toda a sua alegria
De pouco a pouco vai perdendo

Ver quem pensava ser amigo
Com deboche lhe apontar
Ver falsamente te julgando
E até te caluniar

Toda pessoa que passa por isso
Sente o seu mundo todo desabar
Com tudo e todos contra você
Ver quem deveria, não lhe apoiar

Pois tomados pela falsidade
A ignorância os dominou
Por isso em sua necessidade
Nenhum amigo lhe ajudou

Isso é triste, isso é trágico
Faz sue fé se decair
Seu mundo vira um tormento
E você quer dele fugir

Ai então pergunta para Deus
Para o universo e para o céu
Será que em algum lugar
Tem um só, amigo fiel?

Isso é triste, muito triste
Isso é triste por demais
Uma crueldade dessa
Uma boa pessoa te faz

Um amigo de verdade
Pode morar lá no Japão
Ele está sempre disposto
Para lhe estender a mão

Não importa a distância
Onde você e ele está
Se a amizade for autêntica
Ele vai te ajudar

Para a distância tem correio
Avião..., tem carro e trem
Se a precisão for financeira
Pelo banco a ajuda vem

Uma palavra ao telefone
Uma carta para ser lida
Um simplório estamos juntos
Pode até salvar uma vida

Quando o amigo é fingido
Nunca tem disposição
E quando dele se precisa
Escorrega igual sabão

Amigo assim não adianta
Amigo assim quem vai querer
Esse tipo de pessoa
Só lhe faz retroceder

Como a solidão maltrata
Um falso amigo te destrói
Não ter apoio de um amigo
Lá no fundo muito dói

Quando Deus fez o ser humano
Vai saber por qual razão
Ele fez com só dois braços
Com somente duas mãos

Uma direita e outra esquerda
Uma para com a outra combinar
Que mesmo com suas diferenças
Foram projetadas para enxaixar

Amigo é para rir juntos
Te abraçar quando chorar
Ele te ronda nas horas boas
E nas ruins contigo está...

Se tem amigo para isso
Para a hora da precisão
Quem te deixa essa hora
O teu amigo não é não

Amigo é isso e muito mais
Uma amizade vai além
Amigo é para às horas boas
E para às ruins também

Na hora mais precisa
Ser amparado por alguém
Feliz é todo aquele
Que ao menos um amigo tem.