quinta-feira, 30 de agosto de 2012

OBSTÁCULO DA PAIXÃO

Linda manhã de sol
Céu azul
Pássaros voando
E eu na janela
Parada te olhando

A luz dos teus olhas 
Ofusca minha visão
Quando olho nos teus olhos
Eu me encho de paixão

O teu jeito meigo
Me deixa encantada
Quanto mais o tempo passa
Mais eu fico apaixonada

Paixão pela natureza,
Pelo azul dos céus
Pelo brilho dos teus olhos!
Paixão...

Paixão por você
Que fica todos os dia
Na janela para me ver

Já pensei em tirar a janela
E uma porta colocar
bem de frente pra tua casa
Pra você me visitar

Pois eu acho uma crueldade
O que essa janela nos faz
Separando te de me
Me deixando a pensar

Pensando o que fazer
Pra poder te encontrar
E enquanto o tempo vai passando
Mais também eu vou te amando.


Leidiana S Silva

NÃO A HIPOCRISIA

Hipocrisia.... soa mentira
Ser hipócrita é maldar
Se hipocrisia só faz mal
Para quer a alimentar

Hipocrisia é ruim
Ela é, mal cultivar
Por ser um mal que gera mal
"Hipocrisia" Tem de parar

A hipocrisia congestiona a alma
Ela afeta o coração
Ferindo os sentimento alheio
E do hipócrita destrói a emoção

Também destrói a amizade
Acabando com a confiança
Cortando os laços de união
Gerando discórdia e desconfiança

Ilude os pensamentos
E nos leva a confusão
Da alma e do espírito
É um trajeto contra mão

Em um vazio infinito
O hipócrita tende a ficar
Após fingir, ser ou não ser
Após ser contra e aceitar

Quando acha o correto
E mesmo assim faz oposição
Significa que a hipocrisia
Já tomou mente e coração

A hipocrisia só faz mal
E só mal, sempre há de fazer
Temos que ser o que somos
E autênticos sempre ser

Pois só sendo o que somos
Conseguimos a todos conquistar
Pois o que somos está escrito
Até mesmo em nosso olhar

Estampado em nossa face
Está no jeito de falar
Está no modo de vever
Não adianta disfarçar

Nós somos o que somos
Mais mudar é possível
Desde que seja para melhor
Pois nada fica invisível

E conseguir-se ser autêntico
E o sinal de uma boa mudança
De que apesar dos impecilhos
No ser humano há esperança

Conheço muita gente hipócrita 
Que melhor que os outros se diz
E com essa afirmação infeliz
Estão sempre à levantar o nariz

Acha que é vantagem
Fingir por toda sua vida
E além de tudo isso
Ainda se acha querido(a)

Mas sei que elas são assim
Porque ainda não encontrou
O real de suas vidas
Nem da vida, o real valor


A mudança é a esperança
De um mundo melhor
E para um melhor hoje
Ou amanhã será bem pior

E a base de tudo isso
É a real compreensão
Cooperação e sinceridade
E o amor no coração

E o melhor de tudo... mesmo
E que para isso não tem idade
É só querer e querer
E então a diferença fazer.

sábado, 25 de agosto de 2012

ALECRIM

Foto: ALECRIM

Tu és dourado
Tu és cheiroso
Quando no chá
Tu és gostoso

Eu fico o ano
Ah esperar
As tuas flores
Desabrochar

São miudinhas
Mais são cheirosas
De cor roxinha
São harmoniosas

Alecrim
Alecrim dourado
Não pode nem
Ser comparado

Alecrim 
Levanta astral
É tranquilizante
Fenomenal...

Leidiana S Silva

http://leidianaepoesia.blogspot.com.br/2012/08/alecrim.html
Tu és dourado
Tu és cheiroso
Quando no chá
Tu és gostoso

Eu fico o ano

Ah esperar
As tuas flores
Desabrochar

São miudinhas
Mais são cheirosas
De cor roxinha
São harmoniosas

Alecrim
Alecrim dourado
Não pode nem
Ser comparado

Alecrim 
Levanta astral
É tranquilizante
Fenomenal...

Leidiana S Silva

SAUDADE

Saudade de algo
Saudade de alguém
Saudade para quem sente
Saudade pra quem tem

Saudade de sentir

Saudade de tocar
Saudade de ver
Saudade de falar

Saudade daquele tempo

Saudade do caminho
Saudade da casinha
Saudade do cantinho

Saudade sentimento

Que se sente ao sentir
Sentir que tem saudade
Saudade de sorrir

Sorrir da saudade

Quando saudade tem
Quando saudade sente
Quando a saudade vem

Saudade...


Leidiana S Silva

domingo, 12 de agosto de 2012

IN-DECISÃO

O que fazer!
O que é? o que será?
Para onde ir
Qual a melhor hora
Que decisão tomar!

Que direção seguir
Ir... ou não!
Dizer é fácil... difícil é fazer
É tomar a decisão
Aí quero ver

Se olhar o caminho
E imaginar-se o percurso
Do ponto de partida
A chegada não se sabe
À não ser a lonjura

É longa a jornada
Que se tem pra percorrer
Com diversos obstáculos
Que nós temos que vencer
É encarar ou esmorecer

A coragem as vezes some
Para na hora certa aparecer
É só não desanimar
Que tudo vai se resolver
É vencer ou vencer

Será o que tiver de ser
É só querer e acreditar
Para decisão certa tomar
Saber o que tem de fazer
E saber onde quer chegar...

As dúvidas sempre surgem
Mas as soluções também
E com a decisão certa
Tudo sempre acaba bem
E vai até além

A vida é uma interrogação
Ela é cheia de confusão
Nosso ser é imprevisível
Cheio de sim ou não
Que acaba em indecisão

Tudo depende de uma atitude
De primeiro passo dado
Tudo depende de você
Depende de sua decisão
Sou capaz, sou campeão

A indecisão é uma balança
E uma hora vai pender
O lado que for mais pesado
Será o que vai vencer
Então depende de você

Fale vou conseguir, vou fazer
Realmente é como eu disse
Só depende de você
Acredite que vai conseguei
Acredite e irá vencer

A balança da indecisão
Se abastece das suas ações
Seus medos, suas dúvidas
A as suas decisões
Onde coragem é a composição

A balança da ação
Na real é uma distração
Para ver se na real
A pessoa é forte ou não
Se toma uma boa decisão

Indecisão existe
É só não desanimar
Acreditar que é capaz
Deixar as coisas rolar
E você chega lá...

sábado, 4 de agosto de 2012

OS SINAIS DAS ESTRELAS

Estrelas
Excepcionalmente brilhantes
Brilham há todos os instantes 
Em meio aos céus

E as cadentes 
Que até realizam 
Os desejos da gente

Estrela de Belém
Ou estrela cadente
Sem duvida são estrelas
Surpreendentes

Elas se juntam
Como em um coral
Enfeitando os céus
Brilhando e piscando
E a noite escura iluminando

Mostrando o cominho 
Para quem perdido está
Que seguindo as estrelas 
Vai o caminho encontrar

Pois estrelas além de tudo
Também são guia
Mostram o caminho
Guiando-nos direitinho.

Leidiana S Silva