Poetisa Leidiana S. Silva

Poetisa Leidiana S. Silva
********

terça-feira, 31 de maio de 2016

FÉ, ELEVADA EM DEUS

Muito eu estava triste
Estava eu desanimado
Pano velho meio as traças
Estava eu ali jogado

O desânimo me pegou
Minha fé desmoronou
E quando eu mais precisei
Ninguém comigo se importou

Mas elevei a minha fé
Em Deus o nosso Senhor
O único que me estendeu
A sua mão e me ajudou

Vai... tristeza, vai embora
Eu, não gosto de você
Deus me ajuda agora...
Eu quero ò Deus Te engrandecer

O clamor da minha alma
Sumiu... e chegou ao céu
Fui socorrido por Jesus
O advogado mais fiel

A minha prova se findou
O mal de mim se dissipou
Da tristeza de minha alma
Deus também me libertou

A minha alma alegremente
Engrandece ao Senhor
Único e suficiente
Digno de todo o louvor

Vai... tristeza, vai embora
Eu, não gosto de você
Deus me ajuda agora...
Eu quero ò Deus Te engrandecer.

UMA LIÇÃO NO AMOR


A teimosia te atrapalha
Ela só te faz perder
Não te deixa ser feliz
Só para te fazer sofrer

Só ama a quem não te ama
E só quer quem não te quer
Esquece que sorte no amor
Invisível também é...

Mas um dia aprenderá
À não correr atrás
De quem você deseja
Mas de você só desfaz

Não fique triste
Nem te aborreça
Pois a vida ti trará
Alguém que ti mereça

Se não está com quem ama
Ame quem está com você
Na hora certo o seu amor
Por ela, em fim vai nascer
                                                
E se não tiver a beleza que procura
Não vai se aborecer também
Pois pode ter o amor que precisa
E o importante é te fazer bem

Então para de teimosia
Chega de só questionar
O que a vida dá a você
Comece a valorizar

O amor para a felicidade
É o primeiro passo a se dá
Porque ninguém é feliz
Antes de aprender a amar

O amor na verdade
Não passa de uma transformação
Que quando acontece
É mais forte que a paixão

Aprenda a aceitar
O que o destino te reservou
E não esqueça que o sentimento
Mais sublime é o amor

Aceite seu amor
Do jeito que ele for
A quem ama você
Saiba dar o real valor

Não se martilize
E haja o que houver
Ame que te ama
Queira quem te quer.

O PODER DO CANTO

Que quem canta o mal espanta:
Disso eu já sabia...
Sei que cantar é muito bom
Tanto de noite, quanto de dia

Cantar é bom de mais
E se for de coração
O canto fica muito...
Muito, muito, muito bom!

Realmente o canto
É o grito da alma
Um verdadeiro desabafo
Que alegra e acalma

Cantar faz bem
Como eu disse é muito bom
E o melhor é que, para cantar
Não precisa ter o dom

Quando se canta de tristeza
É uma maneira de chorar
Pois depois de muito canto
A tristeza vai passar

Mas se o canto é de alegria
Aí é bom e demais
Pois quanto mais você canta
Mais... sua alma satisfaz

Também se canta distraído
E esse canto é bem legal
Pois você se quer percebe
Se está ou não cantando mal

Quem canta distraído
Não está nem aí
Se errou ou acertou
Pois só quer se divertir

Assim é a vida
Da alma cantor
Canta com ódio
E também com amor

Canta para lembrar
E também para esquecer
Canta só por cantar
E também para aprender

Se canta em pensamento
Se canta sussurrando
Se canta gesticando
E canta assobiando

Realmente há várias formas
De você pode cantar
Usando a voz ou não
Sua alma alegrará

Quando estiver triste
Cante para ver
Observe e verá
Uma mágica vai acontecer

O seu canto é comparado
Uma luz na escuridão
A esperança está escondida
No cântico do seu coração.

segunda-feira, 30 de maio de 2016

CONFLITAMENTE SENSÍVEL

Sei que isso é paranóia
Sei também que não é bom
Mas as vezes perco a paz
E não acredito em nada bom

Tudo, tudo me maltrata
Em tudo sinto a derrota
Tudo me incabula
Tudo mesmo me incomoda

Sou meio sensitive
Paranóia sei que sou
Antes de me atingir
Sinto que me derrubou

Sofro mesmo é antecipado
Antes de acontecer
Já estou eu a penar...
Estou triste a sofrer...

Tudo vira uma guerra
Aqui no peito meu
Que já até calejou
De tanto que doeu

Sinto a maldade
Sinto a traição
Sinto o perigo
E a falcidade então

Sinto quando algo
Está para dá errado
E o meu juízo
Fica embaralhado

Sinto quando alguém
Está me enganando
E fico encabulado
Fico só pensando

Fico meio sem jeito
Mas bem desajeitado
Fico me sentindo
Um campo sem gramado

Me sinto diferente
Sinto-me incomum
Me perco e não me acho
Em lugar nenhum

O meu sentimento
É assim confuso
Inutilizado sou
Mesmo sem ter uso

Tudo o que eu quero
Mesmo! "É mudar!"
Fazer a diferença
Quero me alegrar

Acalmar os nervos
Mente e coração
Sei que o meu ser
Interior é bom

Pensar positivo
É o que desejo
Avante e confiante
Assim é que me vejo

E esse desejo
Vou eu realizar
Pois positivamente
Agora vou pensar

Dá a volta por cima
É tudo o que eu quero
E com paciência
Pois não mais me desespero

De agora em diante
Só pensamentos bons
Mentalizar vitória
Pois pensar é o meu dom.

A SONHADA LUA DE MEL

Qual mulher não quer casar
E ter uma linda lua-de-mel
Passando a noite de núpcias
Num lindo quarto de hotel?

É um sonho encantado
Um marco, uma realização
Desejo de mulher
De sensível coração

Uma cama decorada
Um quarto aconchegante
Um lugar admirável
Ou mais que isso, "elegante"

Um lindo casamento
Num salão bem decorado
Com um apaixonado noivo
O seu "Príncipe encantado"

Depois do casamento
Em meio a comemoração
Sair bem de fininho
Do meio do salão

Deixar seus convidados
Em meio a festa rolando
Sair para a lua-de-mel
Com o coração palpitando

Ficando os convidados
Lá à se divertir
Comendo e bebendo
Alegres à sorrir

Ser lavada pelos braços
Para a sua lua-de-mel
Depois de uma chuva de arroz
Caída lá do céu...

E depois os dois trancados
Lá no quarto de hotel
Brindando a felicidade
Em sua lua-de-mel

No meio do salão
A festa continuando
E para o casal de noivos
Uma nova festa começando

Uma grande emoção
Pois um novo amor nasceu
Ela a própria Julieta
E Ele o seu Romeu

Com uma grande diferença
"...O seu final feliz!"
Terminado em para sempre...
"Como os lindos contos diz".

sábado, 28 de maio de 2016

TROMBADAS DA VIDA

Rodeado de amigos
Assim que eu vivia
Sempre acompanhado
Por amigos todo dia

Amigo bem presente
Ajudando quem precisa
Ajudei além de amigos
Quem eu nunca vi na vida

Assim é que eu era
Assim eu sempre fui
Amei como a mim mesmo
Como mandou o Jesus

Abracei quem tava triste
Consolei que vi chorar
Até dei um lencinho
Para as lágrimas enxugar

Amparei o desvalido
Fiz  o máximo que eu podia
Pensando assim: eu farei hoje!
O que farão por mim um dia

Então o tempo passou
E de alguém eu precisei
Daí logo procurei
Quem um dia ajudei

Mas me fecharam a porta
Não tiveram piedade
Ninguém, ninguém me ajudou
Em nenhum canto da cidade

Neste dia descobrir
Que esfriou-se o amor
Pois chorei como um desvalido
E ninguém me ajudou

O que vi naquela hora
É que eu não tinha amigo
"E pensei... não acredito:
Que fizeram isso comigo!"

A minha ficha logo caiu
E meu mundo desabou
Por saber que meus amigos
Nenhum me considerou

Quem era amigo sumiu
E os que ficaram me desfez
Ninguém ficou do meu lado
Sumiram tudo de uma vez

Não quiseram me ajudar
E não me deram a mão
Também não me levantaram
Quando me viram no chão

Recusaram me ajudar
Me deixando lá no chão
Se sentiram superior
Não tiveram compaixão

Então estando ali caído
Um estranho me viu
Aquela alma caridosa
Rapidamente me acudiu

Minha ajuda enfim chegou
E de onde eu não imaginava
Pois ajuda de um estranho
Isso eu nunca esperava

Colega se tem muito
Mas só que amigo não!
Amigo não é o que tá junto
Mas o que te estende a mão

O que se pode fazer?
Se a vida é assim;
Pra você é gente boa
Mas no fundo é ruim

Então o que fazer!
Simplesmente é suportar...
Se ninguém te enxuga as lágrimas
Vá você mesmo as enxugar

A vida é decepção
Queira você ou não!
Você ajuda os amigos
E eles depois te deixa na mão

Mas continue fazendo o bem
Sem nada em troca esperar
Saiba que somente Deus
Vai você recompensar.

terça-feira, 24 de maio de 2016

VIDAS E RECAÍDAS

Já pensei em desistir
E desisti de pensar
Simplesmente decidir
Que ia continuar...

Voltei a desanimar
Querendo voltar atrás
E tornei decidir
Que desistir jamais

Só que não é fácil
A luta é constante...
Mudança de humor
Há todo o instante

Tentei e por demais
De forte eu me fiz
Fingir até mesmo
Que eu era feliz

Fico eu confusa
Sem saber o que fazer
Foge-me as palavras
Não sei o que dizer

Me sinto numa balança
Descendo e subindo
Me bate o desespero
Perdida me sentindo

Essa é realmente
Uma péssima sensação
Caio fundo na deprê
E trica o meu coração

Com o coração doido
Fico eu desanimada
Só quero ficar só
E não quero é mais nada

De tanta recaída
Eu na deprê caí...
Desci no fundo do poço
E não consegui subir

Me tranco no meu mundo
Junto com minha solidão
Não quero ver ninguém
Jogada pelo chão

Desânimo total
Sem perspectivar
Sem nenhum estímulo
Para minha vida

Presa em um labirinto
Sem saber como sair
Grito por socorro:
"Alguém vem me acudir!"

E quase a desfalecer
Uma luz se acende
E inesperadamente...
Algo me surpreende

A força que perdi
Renasce dentro de mim
Supero minha queda
E começo a subir

Me ergo novamente
Levando para vencer
Pois o que vale a pena
Na vida é viver

Mas não para por aí
A luta contínua...
Desânimo eu comparo
A mudança de lua

Novamente triste!
"Desistir" volto a pensar!
Mas, penso, penso e penso...
...Eu vou é continuar

Desisto de desistir
E toco a vida pra frente
Totalmente decidida
A fazer tudo diferente.

domingo, 22 de maio de 2016

UM FORTE ABRAÇO

Um abraço bem suave
Deixa eu ver! É bom de mais
Mas um abraço apertado
Tranquiliza e satisfaz...

Abraçar é bom
Ser abraçado também é...
Um abraço sem esperar
"Revigora sua fé..."

Um abraço demorado
Ou um abraço rapidinho
Um abraço meio sem jeito
Ou um bem ajeitadinho

"Abraço é abraço"
Abraçar é muito bom
Na verdade abraçar
É um verdadeiro dom

Melhor que chocolate
O abraço forte é...
Porque um forte abraço
O caído põe de pé.. 

Então é tempo de abraçar
É tempo de aquecer
Aquecer a amizade
Abraçando com prazer

Tem abraço de tristeza
E abraço de alegria
Quem abrace uma vez no ano
E quem abrace todo dia

Abraçar faz muito bem
Para a alma e o coração
Um abraço espontâneo
Lhe transmite emoção

Quando se é abraçado
Com carinho e amor
Se esquece a tristeza
Esquece-se até a dor

O abraço é o remédio
Que cura a triste solidão
Um abraço cura até
Um ferido coração

Abrace quem precisa
Sinta-se abraçado
Distribua neste dia
Abraços, quente e apertado.

domingo, 8 de maio de 2016

AMOR DE MÃE

Carinho que no mundo
Nunca se viu igual
Nada parecido
Nem no reino animal

Carinho inconfundível
Amor incondicional
De uma bem-aventurada
Uma mulher sensacional

"Mãe" esse é o nome
Que você é conhecida
Eterno amor materno
És mais do que querida

Quando eu nasci
E me levaram para ti ver
Estando do teu lado
Logo vi que era você

Teu cheiro, teu carinho
Teu jeito de me olhar
E também o teu jeitinho...
Delicado de abraçar

Estando nos teus braços
Me sinto até no céu
És meu porto seguro
Mamãe meu doce mel

Sem o teu carinho
Sei que nada sou
Pois a minha força
Vem do seu amor

Querida mamãe
Amor da minha vida
Razão do meu viver
Minha linda, minha linda

Eis aqui um segredo
Que teu filho revela;
De todas as mulheres
"Tu és a mais bela"

Mamãezinha querida
Minha primeira paixão
Saiba que para sempre
Moras no meu coração.

terça-feira, 3 de maio de 2016

FIXO OLHAR DO AMOR

Amor da minha vida
Do meu bem querer
É uma grande felicidade
Ficar olhando para você

Nossa história é antiga
História linda de se ver
Desde os tempos de escola
Que gosto muito de você

Gosto muito de te olhar
E de admirar você
Saiba que ficar te olhando
É sempre um grande prazer

Jamais me cansarei
Jamais vou me cansar
É uma satisfação
Ficar atento à te olhar

As vezes penso em não olhar!
E acabo olhando - "Não tem jeito"
De amor meu coração
Bate forte no meu peito

Vejo em ti a perfeição
Chega a cair meu queixo
Realmente é o amor
Que me deixa desse jeito

É bom sempre te ter
Para te admirar
Você meu horizonte
Para sempre ti avistar

Você me completa
Me enche de felicidade
Minha vida sem você
É um poço de saudade

Eu olhando para você
Minha vida é só flor
E olho não com obsessão
Simplesmente é com amor