Poetisa Leidiana S. Silva

Poetisa Leidiana S. Silva
********

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

NÃO À EMANCIPAÇÃO

Os filhos um dia cresce
Só antes mesmo de crescer
Eles querem ser adulto
Antes de amadurecer

É aquela dor de cabeça
Aquela confusão
E quebra cabeça com rebeldia
Causa até hipertensão

Esse é o carma dos pais
Quando os filhos sem pensar
Mesmo sendo adolescente...
Querem se emancipar

É aquela correria
Os pais sentem-se na contra mão
É um verdadeiro Deus nos acuda
Uma tremenda confusão

Pois sem responsabilidade
Sem ter a idade ideal
Querendo ser donos do nariz
Mas só que isso só faz mal

A vida é feita de fases
A primeira é o nascer
A segunda é a meninisse
Até adolescente ser

A quarta é a juventude
Que é uma fase bem legal
E em fim a fase adulta
Que exige responsabilidade total

Então para quer se apressar
Todo um dia vai crescer
Esse é meu conselho
Adolescente é para você

Aproveite sua infância
Suba a escada por degrau
Sua hora vai chegar
Ela acontece natural

Não tem vantagens alguma
Antecipar responsabilidade
Aproveite sua vida
Curta sua pequena idade

Obedeça os seus pais
Para depois não padecer
Não entre nessa rebeldia
Ou ira se arrepender

Pais sabem o que faz
Filho não sabe o que diz
Mas quem obedece os pais
Esse sim cresce feliz

As consequências são cruéis
E elas não poupa ninguém
Mas feliz é aquele filho
Que sempre ouve a voz do bem

Pais também foi criança
Já foi adolescente
E se pega em nossos pés
É porque quer o bem da gente

Adolescente pense bem
Ontes dos pais desobedecer
Se eles pegam no seu pé
É porque quer lhes proteger

Hoje você não entende
Ou até mesmo não quer aceitar
Mas lá na frente te garanto
Muito grato tu será...

Não a emancipação
E outro não a rebeldia
Viva o que éh e o que foi...
E o que será um dia, "criança!"

Uma criança não precisa emancipar
O único dever dela é correr e brincar
Pois depois que crescer e adulto ser
Emancipado será, é só esperar!

Ouça filho, não se apresse
Não apresse seu crescer
Curta bem as suas fases
Deixe a vida acontecer.

UM BRINDE AO ANO NOVO

Um ano se passou
E está prestes a se findar
Dando seu adeus...
Para um novo ano chegar

E é uma boa hora
Para confraternização
Brindando o futuro
E até soltar rojão

Uma linda noite de festa
Todos juntos a celebrar
Uma nova era...
E alegria espalhar

Desejar felicidade
Sorte e paz é fundamental
Muita luz...
E energia total

Ao chegar o novo ano
O dia vai surgindo
E vai amanhecendo
Com um lindo sol saindo

Do ano que passou
Ficou tristeza e alegria
Derrota e conquista
Verdade e fantasia

E para o ano novo
Muita positividade
Sorte e saúde
E muita prosperidade

Com o nascer um ano novo
Fazemos uma aliança
Renovamos nossa fé
E aumentamos a esperança

Acreditar na vida
Acreditar no amor
E esquecer coisas ruim
Do velho ano que passou

Dá um adeus ao ano velho
Para o novo feliz ser
E com brinde festejar
A esperança e o renascer

Desejando para todos
Saúde e bastante alegrias
Muito dinheiro no bolso
E sorte por todos os dias

Bem vindo ano novo
Sua chegada é uma benção
Traga junto consigo
Muita paz a toda nação.

MUNDO DA INDIFERENÇA

Mundo da indiferença
Éh esse que estamos vivendo
Onde quem não tem dinheiro
Só às sobras está comendo

Onde o rico pode tudo
E o pobre só fica vendo
Onde o rico mais enriquece
E o pobre, está só padecendo

O mundo em que nós vive
É o mundo da corrupção
Onde o podre é punido
Quando o rico é ladrão

Você vai em um mercado
E tem um produto em exposição
Daí você vai ver o preço
E até dói o coração

Pois o valor que é cobrado
É um absurdo sem noção
E se o pobre olha e não compra
Logo pensam "que é ladrão"

Daí o tempo vai passando
E os ricos não vão lá comprar
Vai vencendo a validade
E logo, logo irá estragar

Aí o gerente cara de pau
Nem pensa em alguém fazer mal
Põe tal produto na promoção
Fazendo um anuncio sensacional

O pobre ver uma oportunidade
De possuir algo de qualidade
E sem olhar nem a validade
Compra para matar sua vontade

Ah! E tem mais um absurdo
Que vou falar para você
Se acaso duvidar
Repare bem que você ver

Pobre é pobre de frente
É pobre de lado e também de costa
E quando entra em uma loja
Nem todo, vendedor gosta

Quando um rico entra em uma loja
Todo mundo o quer atender
Mas quando entra um pobrezinho
Todos finge, até que não ver

Mas se ver que o pobre tem dinheiro
E perceber que deseja comprar
Mesmo vendo que ele é pobre
O vendedor vai o "bajular"

Então faz a sua venda
E usando da esperteza
Pega o que tem de mais caro
Ou o que tem maior beleza

Para vendedor hoje em dia
Não se engane não
Os clientes são as presas
E vendedor é o gavião

Mas só que infelizmente
Nem sempre pobre tem sua vez
E a não ser de financeira
Pobre nunca é freguês

Para vendedor pobre é caroço
Enquanto rico é investimento
Para ele pobre é perda de tempo 
Enquanto rico é rendimento

Pobre não tem mesmo vez
E a tendência é piorar
Pois do jeito que está indo...
Não vai poder nem aposentar

Enquanto isso os magnatas
Estão por aí roubando
Afundando o país
E os políticos apoiando

No mundo da indiferença
Infelizmente é assim!
Quem é bom não vale nada
Só quem vale, são os ruim

Isso é muito, muito triste
Só que essa é a tendência
É por isso que eu digo
Eis o mundo da indiferença

Só não podemos desistir
Mas sim continuar a lutar
E ter fé que uma hora
Esse jogo irá mudar

Esperar que a justiça
Seja feita com seriedade
E em fim o nossa mundo
Se componha de igualdade

Pelo menos nossa raça
Nossa pátria e nação
Espero atento com esperança
Que a indiferença caia ao chão

Indiferente mundo
Espero um dia você mudar
Pois nem que seja um dia
Quero de te me orgulhar.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

BEIJO, DOCE BEIJO

Juntamente com o meu
Beijo, doce beijo
É o beijo teu
Pois beijou a minha boca
E quase que me enlouqueceu

Louca, muito louca
Louca de amor
Assim que eu fiquei
Logo após que me beijou
Seu beijo me ganhou

Teu beijo de amor
Com sabor de mel
Sempre hei de lembrar
Pois através do beijo
Comecei a te amar

Um beijinho doce
Doce favo de mel
Beijo delirante
Que por um instante
Me levou ao céu

Um beijo molhado
Você me beijou
Beijo marcante
Algo delirante
Sentir o sabor

Um beijo ou beijinho
Beijasso ou beijão
Um beijo de amor
Um beijo, um abraço
E um aperto de mão

Algo incomparável
Desse beijo é o sabor
Não há nada igual
Por ser beijo de alma
Ser beijo de amor

Com o seu beijo doce
De único sabor
E seu forte abraço
Cai no seu laço
Seu laço de amor

Depois do seu beijo
Confesso ao universo
Eu nasci para te amar
E meu maior desejo
É só de te beijar

Eu te beijaria até...
De noite e de dia
Pois teu beijo me acalma
Me dando mais vida
E alegra minh' alma

Teu beijinho doce
Até na minha mão
Fica registrado no fundo
Do meu coração
Teu beijo tem paixão

Antes de provar teu beijo
Não conhecia felicidade
Sorrir nada me fazia
Não tinha alegria
E nem beijado de verdade

Mas depois dos beijos teus
Sei o que é felicidade
Hoje posso até dizer
Sou alegre de verdade
Pois você é minha metade

Um beijo, doce beijo
Teu beijo é para mim
Ficar sem te beijar
Eu não suporto
Sem teu beijo é meu fim.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

O INSTINTO DA EXISTÊNCIA


O primeiro momento do filho
Com a sua mãezinha querida
Não é na hora que ele nasce
Mas ainda na sua barriga

O período da gravidez
É um momento de atenção
Quanto o bebê conhece a mãe
É tipo uma adaptação

O bebê a reconhece
Pelo seu jeito de expressar
Seu toque de carinho
E até seu jeito de falar

Há os que desacredita
Mas pode acreditar
Dentro da barriga da mãe
A criança já pode escutar

Por isso o bebê ao nascer
Se acalenta estando ao seu lado
Pois ele no instante que nasce
Já sendo-se amparado

Ao sentir sua presença
Estando ao lado
O bebê se sente bem
Ele ja se sente amado

A reconhece pelo cheiro
Sente sua respiração
O bebê conhece até...
As batidas do seu coração

Parece inacreditável
Mas trate de acredirar
O momento mamãe e bebê
Ao seu nascer só faz continuar

Pois não é só pela placenta
Nem pelo cordão umbilical
Infinita é essa conexão
Por isso ela é maternal

É mesmo uma coisa mágica
Uma conceção fenomenal
Uma ligação igual a essa
É rara, é sensacional

O instinto da existência
Na geração já vem a surgir
E mesmo depois de cortar o cordão
Essa conexão continua a existir.

ACERTANDO NO AMOR

Eu me amo muito
E sei que sou amada
Cuido de alguém
E também sou cuidada

Antes eu vivia
Triste e amargurada
Sentia-me sozinha
Mesmo acompanhada

Não tinha um amor
Nem sentia prazer
Minha vontade mesmo
Era de morrer

Viver para quer
Sempre eu me perguntava
Olhava pras paredes
E a solidão me pertubava

Quem não tem um amor
Não é amado por ninguém
Mesmo que tenha muito dinheiro
Ainda assim nada tem

O amor é tudo
E é muito bom ser amado
É bom amar alguem
E tê-lo do seu lado

Tem até quem reclame
Mas é bom pensar um pouquinho
Pois para quem não tem amor
Muita falta faz um carinho

É bom, é muito bom
É bom o amor valorizar
Pois faz falta, muita falta...
Não ter ninguém para abraçar

É bom, é bom demais
Senti-se abraço
Saber que alguém te ama
E que está sempre do seu lado

Mais que querer bem!
Acredite é amar;
Um amor verdadeiro
Pode vidas transformar

Por isso que eu amo
E me sinto abençoada
Pois dei meu amor
E também eu sou amada

Amar além de bom
Também é uma benção
E faz muito bom ao ego
Para a alma e o coração

Mas o primeiro passo
Para o amor é se amar
Pois para dar valor a alguém
Valor também tem que se dar

Cuidar bem de si
E de quem cuida de você
Isso sim é que é amar
Isso sim é que é viver

Você e o amor
O amor e você
Amar e ser amado
Isso sim é ter prazer

Acertar no amor é isso
Se amar e ser amado
Cuidar de quem te ama
E por quem ama ser cuidado.

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

UM ROMÂNTICO APAIXONADO

Do romantismo ao amor
É um passo complicado
Pois nem todo romântico
Na real está apaixonado

Tem o romântico de verdade
E tem o romântico fingidor
O que é movido por paixão
E o movido por amor

Tem o tímido romântico
O romântico casual
Tem o romântico romântico
E o romântico cara de pau

O romântico a moda antiga
É bem raro de encontrar
Pois homem sério hoje em dia
É mui difícil se formar

Porque o homem de hoje em dia
Demora de amadurecer
E então da um trabalhão
Até bom homem ele ser

Eu falo bom para uma mulher
Uma só mulher valorizar
A sua mulher fazer feliz
E intensamente ela amar

Aquele que diz que a ama
Que a beija da cabeça ao pé
A trata como uma rainha
E que na cama a leva café

Homem de palavras doce
É o sonho de toda mulher
Expressador de sentimento
Isso é tudo que ela quer

Mulher quer amor
Mulher quer carinho
Dormir por ele abraçada
E acordar com um beijinho

Isso que mulher quer
Disso é que mulher gosta
Um romântico apaixonado
Que pro amor não fica de costa

Um romântico nato
Que nasceu para lhe amar
Que não vive sem você
E nunca vai lhe abandonar

Um homem romântico
É desejo de mulher
Um romântico apaixonado
É o que toda mulher quer.

domingo, 25 de dezembro de 2016

É DIA DE NATAL

Sensação de felicidade
Estrelas brilhando no céu
Sapatinho pendurado na janela
A espera de Papai Noel

Ding-dong o sino batendo
As pessoas se abracando
Toda a família reunida
Seus desejos se realizando

Esse é o espirito de Natal
É o seu real significado
Família e amigos reunidos
Todo mundo animado

Presente para as crianças
Na mesa um peru assado
Muitas frutas e panetones
Um renovo será brindado

Gente linda e feliz
Crianças alegres a correr
E uma grande expectativa
Todo mundo querendo comer

Arvore toda enfeitada
Decorações de luzes piscando
Em fim a contagem regressiva
O natal está a chegar

Um dia bem festivo
De expectativa mais que exelente
Um dia de completa alegria...
Dia de gente linda e contente

Realmente é um dia lindo
Dia sensacional
Vinte e cinco de Dezembro
É Dia de Natal.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

CABEÇA VAZIA

Menino cuidado...
Minha vó já dizia
Moradia do diabo
É cabeça vazia

Pois a cabeça vazia
Está sujeita a entrar
Vontade de morrer
Ou vontade de matar

A cabeça vazia
É completamente atoa
Pensa muita coisa ruim
E raramente coisa boa

Com a cabeça vazia
É mais fácil de surtar
Pois vazio é solidão
E depressão pode causar

A cabeça vazia
É meio que intigrante
Pois na falta de susego
"Surtar" pode num instante

A cabeça vazia
É sinônimo de solidão
Por isso causa deprê
E deixa a pessoa sem noção

O melhor a fazer
É tentar se divertir
Estar junto com pessoas
Procurar se destrair

Ir ao shopping, ao cinema
Ou fazer uma caminhada
Assistir programa de humor
Algo que te faça da gargalhada

O importa é se destrair
É jamais ficar sozinho
Ficar perto da família
Ou até mesmo de um vizinho

Neste caso tudo vale
O que importa é animar seu dia
Ocupar a cabeça com coisas boas
E nada de cabeça vazia

Jogue cartas, leia um livro
Jogue xadrex ou dominó
Dê uma volta de bicicleta
Ou faça algo que ache melhor

Só não vale ficar parado
Se sentindo alguém atoa
Pense sempre positivo
E assim verás que a vida é boa

Como dizia minha vó
Minha mãe e minha tia
Morada do diabo
É cabeça vazia.

MINHA INFÂNCIA - CHICLE DE BOLA

Pense num tempo bom
Era meu tempo de criança
Na menina dos meus olhos
Só brilhava esperança!

Tudo o que eu mais queria
Era mascar chicle de bola
E pular corda com a garotada
Depois de voltar da escola

Era assim me lembro bem
Todos sentados na calçada
Mascando e fazendo bola
De bobeira sem fazer nada

E ali rolava uma disputa
Só que meio sem noção
Para ver quem conseguia
Soprar o maior bolão

Me lembro até hoje
Que eu só me dava mal
Pois soprava um bolão
E me sentia a maioral

Só que depois que estourava
O desespero era total
Pois grudava no cabelo
E eu até passava mal

Como a bola era grande
Logo após de estourar
Eu tinha que limpar a cara
E do cabelo desgrudar

Pois se voltasse assim pra casa
De certo eu ia apanhar
Brava como minha mãe
Não era de se duvidar

Mesmo assim não me importava
E era só um cruzado ganhar
Que já corria lá na venda
Para mais chocletes comprar

Minha vida era essa
Isso para mim era treinar
E minha mãe como sempre
Falava: Para de traquinar!

Só que o tempo passou
E aquela menina cresceu
Os meus dentes se estragou


Pois masquei tanto chicle
Que vontade de mascar passou
E agora eu não quero
Nem saber quem inventou

O tempo passa e as vontades também
Sabe quem tem as mesmas manias
A vida toda...
...Quase ninguém!

Minha única mania
Que não consegui parar
Foi a de comprar doces
E um tempão guardar

Mas como já tenho filhos
Quando procuro não está lá
Eles comem todos doces
Que eu teimo a guardar

Essa é a minha vida
Essa é a minha história
O tempo se passou
Mas me lembro até agora

Época de criança
Em que a brincadeira era da hora
Mascar chicle com a galera
E competir fazendo bola.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

A META É SER FELIZ

Tem gente que é feliz e não sabe
E tem quem finge ser, mas não éh!
Tem quem tenta ser, mas não consegue
E tem quem desiste por falta de fé

Ninguém consegue fingir ser feliz
Pois uma hora a máscara cairá
A tristeza decairá sobre a face
E a infelicidade óbvia será

Sê pode ser feliz
Com a felicidade balancada
Uma hora estando alegre
E outra hora entristecendo do nada

Também sê pode ser feliz
Sem ao menos perceber
Enxergando sua felicidade
Quando triste alguém ver

E sê pode ser feliz
Feliz completamente
Até nos maus momentos
Felicidade você sente

Se é justo ou não
Nem todo mundo ser feliz
Isso eu falo é um mistério
Essa resposta não há quem diz

Mas independente de qualquer coisa
Para ser feliz temos que tentar
E por mais que seja difícil
Nada de dedistir, tem é que continuar

Pois é... a tal felicidade
É uma caixinha de surpresa
Além de inacreditável
Ser feliz é uma beleza

Ser feliz é um objetivo
Uma meta a se alcançar
E ser feliz consigo mesmo
É o primeiro passo a dar.

O SACRIFÍCIO DA VIDA

A vida é feita de sacrifício
E queira você ou não
A vida é formada de sacrifício
Começando por Eva e Adão

Deus quando fez a mulher
Para do homem ser o amor
O colocou para dormir
E então... o sacrificou
Tirando-lhe uma costela
E com ela, a mulher formou

Com isso com certeza
A vida um sacrifício eh
Querendo a pessoa ou não
E independente da sua fé

Outro exemplo com a mulher
E que se Ela quiser gerar
"Se quiser ser mãe!"
Tem que sua beleza sacrificar

O homem também é exemplo
Pois quando é trabalhador
Ele encara a sua lida
Estando são e até com dor

Mas também é a criança
Quando quer aprender andar
O seu grande sacrifício
É cair e ter que levantar

Pois, assim que é a vida
Não dá mole para ninguém
E mesmo depois de tudo isso
Temos que dizer amém

A vida é uma dádiva
Dada pelo criador
Esse tipo de sacrifício
É um gesto de amor

Sacrificá-se não é fácil
Ao contrário, difícil éh...
O sactificá-se hoje em dia
É no futuro ainda ter fé

O maior sacrifício da vida
É um casal sua família formar
O marido honrar sua mulher
E a mulher seu marida honrar

O sacrifício da vida
É depois da família formada
Ter responsabilidade
Para continuar a jornada

O sacrifício da vida
É depois, que os filhos crescer
O casal continuar juntos
Até a morte os vim recolher

Depois de tanto sacrifício
O mais compensador
É ter uma família feliz
Realizada e cheia de amor

O sacrifício da vida
Seja ele como for
Com choro ou com sorriso
Ele é um gesto de amor.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

É GRATIDÃO O QUE SINTO

Sabe aquele dia que...
Você acorda animado
Sabe quando o seu dia
Já começa agitado

Mas agitado de alegria
Cheio de contentamento
Sabe a aquela hora
Que você reflete o momento

É algo tipo mágico
Te deixa até sem noção
É assim que eu me sinto
Na hora da reflexão

Quando olho o horizonte
Sindo algo sem explicação
Grande é o contentamento
Maior ainda a emoção

As vezes por pensar de mais
Fico confuso, Mas só que não!
"Gratidão" é a palavra que define
O que sente, meu coração

Grato pelos problemas
Pois eu os superei...
Grato pela comida
Pois a fome com ela matei...

Grato pelo amor
Pois muito eu amei...
Grato pelas paisagens
Pois as contemplei...

Grato pelo tato
E grato pela visão
Grato pelos cinco sentidos
E por bater o meu coração

Grato pelo ar que respiro
Muito grato por vivo estar
Grato por "a natureza"
Eu poder sentir e ainda tocar

Completamente... grato
Hoje me sinto assim
Uma grande gratidão
Tem circulado dentro de mim

Grato, por tudo grato...
Minha gratidão está a florescer
É uma grande satisfação
Sentir a gratidão na veia correr

Também sou grato pela noite
E sou grato pelo dia
Sou grato mas tão grato
Que me dá até alegria

Sou grato muito grato
Sou grato de coração
Essa grandeza de sentimento
Me enche de satisfação.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

A VIDA E AS INDIFERENÇAS

Muitos me julgam mal
Me cercam como abutre
Vivem me observando
Para ver eu tropeçar
Desejando me ver cair
Prontos para comemorar

Criticam minha crença
Minha maneira de andar
O meu jeito único de  ser
Até meu jeito de falar
E pelas costas é claro
Vivem a me criticar

Eu santa, não sou não
Nem sou melhor que ninguém
Mas a crença do meu coração
Garanto que poucos tem
Acredito muito em Deus
E não invejo ninguém

Tenho o meu jeito único
E sei que sou especial
E o melhor de tudo isso
Sei que a mim não tem igual
O meu jeito além de único
Cem por cento é natural

Tenho orgulho do que sou
Gosto de minha identidade
Não ligo se falam de mim
Pode falar mal a vontade
Aliás estou até com plano
De cobrar mensalidade

Levo sempre na esportiva
Para não me aborrecer
Mas também sou ser humano
E lá no fundo me dói em saber
Que pessoas me criticam
Mesmo sem eu merecer

Mas a vida é assim
Tudo que posso fazer
É pedir para que meu Deus
Venha aqui me socorrer
E os mal intencionados
Faça todos me esquecer

E também pesso para Deus
Que por sua compaixão
Faça nestas más pessoas
Uma nova conversão
E que um dias elas se torne
Boas pessoas de coração

Não adianta me irar
E deseja o mal a elas
Pois agindo desse jeito
Também vou ser do jeito delas
E se desse jeito eu for
Quem vai interceder por elas

Sei que com esse pensamento
Nem todo mundo vai concordar
Pois não é fácil aguentar
Nem querer o bem do inimigo
E geralmente as pessoas
Só olham para o próprio umbigo

Mas acredito na convenção
Sei que quem vive a me julgar
E também me querem mal
Um dia vão olhar pra mim
E vão ver que sou legal
Será uma mudança radical

Pois no mundo em que vivemos
Ninguém é obrigado a amar
O importante em sociedade
É um ao outro respeitar
Amizade se conquista
Rapidinho ou devagar

É só dá tempo ao tempo
Deixar as coisas acontecer
Não sair julgando atoa
Sem a pessoa conhecer
E lembre-se o que faz hoje
Amanhã fazem com você.

UM DILEMA DE SORTE

Passei um tempo da minha vida
Com um dilema sofredor
De que não tenho sorte nos negócios
Nem tenho sorte no amor

Mas como tudo sempre passa
Meu coração se acalmou
E com o tempo resolvi
A mim mesma da valor

Na vida como já sabemos
Nem gemios cem por cento é igual
Ninguém é igual a ninguém
E a sorte é individual

Uns tem sorte de primeira
Não só no amor mas em tudo que faz
Alguns tem sorte sempre
E outros um vez e nunca mais

Eu sempre falava
Não tenho sorte em nada da vida
Desde o dia que nasci
Minha história é sofrida

Mas um dia dei um basta
Beste dilema sofredor
E disse se não tenho dinheiro
Vou ter pelo menos um amor

Então comecei a viver
E um amor encontrei
Que sorte foi a minha
Pois com ele eu casei

A sorte nos negocios
Desistir deixei pra lá
Sei que de alguma maneira
A vida vai compensar

Graças ao céu esse foi o fim
Do tal dilema sofredor
Hoje sei que o importante
Que se pode ter na vida é o amor

E sorte mesmo é estar vivo
Sorte é saber viver
Sorte é ter a quem se ama
Bem pertinho de você

Império se constroi
Com esforço e determinação
Dinheiro se ganha trabalhando
Já um amor não se compra não

Um amor conquistado
E é o que te faz viver
Quanto a sorte é só esperar
Que um dia vai te surpreender.

DO SOFRIMENTO À SUPERAÇÃO

Sofri tanto sozinha
Que cansei de lutar
Descobrir que toda vida
Fiquei a deriva, a vegetar

Sem saber mais o que fazer
Minha esperança só morrendo
Minhas forças se esgotando
E ninguém estava vendo!

Então cansada dessa vida
De infelicidade e sofrimento
Eu disse chega de sofrer
Sem sofrimento merecer

Descobrir que o sofrimento
Não faz bem para ninguém
Que só traz infelicidade
Desânimo e solidão também

O sofrimento machuca
Maltrata o coração
Destrói a fé da gente
Deixando a gente sem chão

A solidão deprime
Faz o coração sofrer
Te faz desacreditar
Que feliz um dia vai ser

Ninguém merece sofrer
O sofrimento causa dor
A infelicidade maltrata
Lhe causa até desamor

Diga-Me quem que quer sofrer
Quem quer viver a chorar
Quem não quer vencer na vida
Quem não quer se alegrar

Eclusivamente a vida
Para viver foi formada
Ninguém nasceu para ficar só
Muito menos mal tratada

Obstáculos nessa vida
Sempre vamos encontrar
Supera-los é preciso
Nada de desanimar

Do sofrimento à superação
Se encontra até o perdão
Deixar o orgulho é preciso
E ouvir a voz do coração

A felicidade existe
E ser feliz é um prazer
Encontrar a felicidade
Só depende de você.

O PODER DO SEU ABRAÇO

Eu estava muito triste
Quando você chegou
E sem que eu esperasse
Gentilmente me abraçou

Você me deu seu carinho
Você me deu o seu amor
Me deu sua atenção
E assim me acalentou

Pois atenciosamente...
Segurou a minha mão
E nessa hora beteu forte
O meu pobre coração

Então todo atencioso
Em mim você chegou
Olhou fundo nos meus olhos
E depois me abraçou

Um abraço carinhoso
Abraço tão aconchegante
Que a tristeza que eu sentia
Sumiu naquele mesmo instante

Um abraço daquele
Não é de se esquecer
Até hoje fecho os olhos
E me lembro de você

Pois estava muito triste
Quando você chegou
Mas só um abraço
E tudo mudou...

Um abraço é um laço
O laço da afinidade
O abraço é a prova
Que existe a sensibilidade

O abraço tem poder
O poder de acalmar
De mandar a tristeza embora
E do chora acalentar

Um abraço é mágico
Abraço é sensacional
E um abraço igual ao seu
Até hoje não vi igual.

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

CORAÇÃO FERIDO

Coração ferido
O que te feriu
O que te aconteceu
Quem te partiu

Coração ferido
Porque estás a chorar
Porque tanta tristeza
Pode fala...!

Coração ferido
Porque tanta aflição
O que te aflingiu
Me fala coração

Coração ferido
Levaste um golpe do amor
Não se preocupes coração
Você já é um vencedor

Coração ferido
Coração despedaçado
Coração desiludido
Coração amargurado

Coração ferido
Não chores coração
Vou cuidar de você
Te darei uma atenção

Coração ferido
Você vai se curar
Ficarão as marcar
Mas a ferida vai fechar

Coração ferido
Coração sem amor
Coração decepcionado
Coração sofredor

Coração fetido
Que muito se feriu
Muito se decepcionou
Mas do amor não desistiu

Coração ferido
Você vai sarar
E acredite coração
O amor vai encontrar

Coração ferido
Coração sofredor
Que continua a bater
A procura do amor.

domingo, 11 de dezembro de 2016

EFEITOS DA SAUDADE

Saudade, saudade...
Quem nunca sentiu
Me diz quem não tem saudade
De alguém que já partiu

Saudade de quem foi
E não voltou ou vai voltar
Saudade de quem viu
E não pode mais olhar

Saudade do que tinha
E agora já não tem
Saudade de algo
Saudade de alguém

A saudade faz chorar
Ela chega a doer
A saudade tortura
Faz até enlouquecer

Saudade machuca
Saudade faz viver
A saudade mata
E se não mata faz sofrer

Saudade do que é bom
Do que é ruim ninguém vai ter
Saudade alimenta
E também faz fome perder

Saudade alegra
Saudade tormenta
Saudade enfraquece
Saudade sustenta

Saudade, saudade...
Um sublime sentimento
O amor eternizado
Que não sai do pensamento

Com certeza todo mundo
Já sentiu, sente ou sentia
Saudade de um sorriso
Ou de uma companhia

Saudade do que viveu
Alguém em algum lugar
Ou saudade de um tempo
Que não pode mais voltar

Quem sente falta de alguém
É porque saudade tem
E quando põe-se a lembrar
É porque a saudade está a rondar

Quando um forte pensamento
A sua mente invade
Se não for preocupação
Simplesmente saudade.

INCONSEQUÊNCIA DA ADOLESCÊNCIA

O adolescente de hoje em dia
Faz coisa linda e coisa feia
Não tá nem aí pra nada
Faz o que lhe dá na teia

Adolescente é complicado
Adolescente é teimoso
Adolescente é mimado
E também é orgulhoso

Adolescente erra
Ele nunca admite
E mesmo sendo culpado
Na inocência insiste

Adolescente na verdade
É muito cara de pau
Pois apronta a bersa
E fica agindo natural

Quando adolescente arteiro era
E um adulto passa a ser
Acha graça quando conta
Ou tem vergonha e quer esquecer

Quase todo adolescente
Um pouquinho de louco tem
Além de ser inconsequente
Pois nunca pensa no seu bem

Faz as coisas sem pensar
Sempre achando tudo normal
E desobedecer os pais
Ser rebelde é legal

Não pensa que um dia
Pais também pode ser
Adolescente nunca acha
Que pode um dia se arrepender

Isso é coisa da idade?
Depois, quando adulto;
Será que vai mudar?
Fico só a imaginar

Se todo o adolescente
Podesse ver seu futuro
Aposto que seria obediente
E estudava duro

Porque a vida, é fácil não
E para ter um bom futuro
Só com uma boa educação
E o tempo não volta não

Por conta do tempo passar
E pessoas envelhecem
Quem esse ano é pequeno
No ano que vem cresce

Quem hoje é adolescente
Amanhã adulto será
E os seus atos de hoje
Em consequências tornará

O adolescente que bem sabe
Sua adolescência aproveitar
Estuda e curte sua família
Para um bom exemplo se tornar.

sábado, 10 de dezembro de 2016

SAUDADE DA FELICIDADE

Saudades da felicidade...
Todo mundo sentiu ou sente
Pois mais cedo ou mais tarde
Ela sonda sua mente

Uma frase universal
Que todo mundo pensa ou diz
"Éh!" Tudo o que mais quero...
Nesta vida é ser feliz!

Tem gente que é feliz
E tem a quem vive a tentar
Tem quem será um dia
E tem quem nunca será

Saudade da felicidade
É sonhar mesmo acordado
É o desejo mais profundo
De amar e ser amado

Tem saudade da felicidade
Quem um dia já foi feliz
E também quem nunca foi
Mas é o que sempre quis

Saudade é desejo
Saudade é vontade
Saudade é um sentimento
Que te traz felicidade

As vezes a saudade
Além de fazer sorrir
Ela também faz chorar
"É o medo de não conseguir!"

A saudade é assim
Te pega a qualquer momento
Quem nunca sentir saudade
É porque não tem sentimento

Saudade de ser feliz
É algo muito normal
Vontade de ser feliz
É mais do que natural

Saudade vai além
Além do seu pensamento
A saudade de ser feliz
É algo que vem de dentro

Você sente vontade
Até mesmo sem querer
Tipo quando da fome
Logo depois de comer

Assim é a saudade
Seja ela do que for
Está sempre a florecer
Igualzinho a um pé de flor.