quinta-feira, 4 de outubro de 2018

NORMALMENTE DIFERENTE

Quem não tem boa aparência
Sofre, seríssima crueldade
Por não tá dentro do padrão
Imposto "pela" sociedade

Dizem que sou estranho
Acham isso um defeito
Geralmente todo... dia
Sofro esse preconceito!

Posso até ser estranho
Nada fora do normal
Mais estranho do que eu
São pessoas "cara de pau"

Para você que me critica
Vai aí... o meu recado
É melhor ser diferente
Do que ser um recalcado

Me sinto um extraterrestre
Estando perto de você
Só que não vai ser por isso
Que eu vou querer morrer

Sou humano, Sou humano
Sou perfeito... isso não sou
Mas... diferente de você
"Pelo próximo tenho amor"

O tipo preconceituoso
Vive tudo reparando
Não aguenta ver ninguém
Que logo está murmurando

Acha um cara "esquisito"
E diz! Olha, como ele é...
Ele têm as pernas tortas
E olha a unha do seu pé

O cabelo dele é duro
O pescoço é de girafa
O nariz é de Pinóquio
E a boca é de tilapia

Põe defeito na orelha
Fala que é de abano
Tripudia da pessoa
Cruelmente magoando

Gente típico, encrenqueiro
Mergulhado em vaidade
Não respeita o ser humano
Isso, é muita maldade

Fala: Ele não é normal
Mostrem-me alguém que é!
Começando do cabelo
Até o seu dedão do pé...

Esnoba, esnoba e inferniza
Da pessoa tira a paz
Depois dá uma de inocente
De que não sabe o que faz

Desfaz tanto das pessoas
Achando mesmo ser perfeito
Mas, vivem pondo silicone
Lá nas nadigas e até no peito

Mas, quando ver alguém
A quem julga ser estranho
Rir porque o cara é gago
Ou desfaz porque é fanho

Chama de zói pipocado
E de zói de cururu
Chama de "zói para o lado"
E também de oi pro Sul

Lhe repara e põe defeitos
Da cabeça, até... os pés"
Mas cuidar da própria vida
Certamente, ninguém quer!

Ver se respeita às diferenças
Também respeite às pessoas
Ser diferente é normal
E chega, até... ser coisa boa!

Pessoas nascem diferentes
Nem os gemios nascem igual
Pois mesmo igual tem diferente
Ao menos um simples sinal

Outra coisa, que não se escolhe
Na hora que se vem a nascer
E a cor da pele, ser rico ou pobre
Pois o destino é quem vai dizer

Imagine se no mundo
Todo mundo fosse "igual"
Igualmente às flores são
Ou até mesmo "animal"

Graça alguma tem ser perfeito
Fica quieto, ver se não chateia
Quando Deus formou o mundo
Fez gente bonita, e gente feia

De um casal caucasiano
Eu vou lhe contar um relato
Mesmo eles sendo brancos
Deu à luz, a um filho mulato

Mas por divina providência
Para evitar grande confusão
Mesmo o filho sendo negro
Era a cópia do seu paizão

Um menino de pele escura
Cabelo liso, bem escorrido
Que virou um lindo homem
De um corpão bem definido

Ser diferente faz parte
E respeitar é mesmo preciso
Só respeita às diferenças
Pessoas íntegras, e de juízo

Quando uma outra pessoa
Você pensar... em criticar
Ponha a mão na consciência
E se coloque em seu lugar

Imagine neste momento
Você ali sendo criticado
"Se imaginou, Eu acredito;
Que ficou, bem chateado!"

Critica... ninguém merece
Eu não mereço, e nem você
Espero que, a parti de agora
Você comece a compreender

Respeite às diferenças
Não esnobe o desigual
Concorde que ser diferente
É... totalmente natural

Quem respeita o esquisito
É consciente de verdade
Pois sabe que ser diferente
Faz parte da diversidade

Dedos não são idênticos
E orelhas não são iguais
O que eu tinha à lhe dizer
É até aqui... E nada mais.

quinta-feira, 27 de setembro de 2018

UM CASAMENTO QUANDO ACABA

Um casamento quando acaba
O início do fim é na cama
Visivelmente, isso quer dizer
Que esse casal já não se ama

Pois quando acaba o amor
Os corpos já não se atraíam
Isso é a mente a dizer...
Que eles não se amam mais

Geralmente um dos dois
Sofre mais do que o outro
Um demonstrando seu desprezo
E o outro num total desgosto

Enquanto um quer ir embora
E da relação quer se livrar
Com medo de ficar sozinho
O outro insiste em tentar...

O silêncio toma o quarto
E o desprezo a relação
A tendência é um dos dois
Se mergulhar em depressão

Geralmente a mulher
É quem mais sofre com isso
Pois o homem a essa altura
Não mais quer ter compromisso

Muitas vezes a mulher
Pensar até em se matar
Pois ela prefere morrer
Do que ver ele a abandonar

Bem parecido é o homem
Quando ama... é pra valer
Separa-se não aceita
A mulher não quer perder

Daí então esse homem
Pode entra em depressão
E cometer um loucura
Pois perde toda a razão

Mas diferente, quando os dois
Desejam igualmente se separar
Como a relação totalmente gelada
Sem a separação, só tende a piorar

Neste caso não tem jeito
Separar-se é a solução
Cada um seguir sua vida
Cada um numa direção

Não adianta ficar sofrendo
Com medo da separação
Pois viver angustiado
Pode adoecer... o coração

Deu, deu... bora viver
Se não deu, bora largar
Ficar juntos separados
Isso éh... o que não dar

Se os dois se arrepender
E quiser voltar atrás
Desde que, vala a pena
O casamento se refaz

Um casamento no começo
É um mar de sensação
Quando o casamento acaba
É um grande rio de solidão

Um casamento quando acaba
Realmente é assim
Tudo o que era bom
Passa então a ser ruim...

A vida perde todo o sentido
Absolutamente nada tem graça
É exatamente assim...
Um casamento quando acaba.

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

CONFLITA-MENTE EU

Pensadamente pensativa
Parada em meio ao vazio
Do meu particular universo
Onde sempre é muito frio

E conflitamente eu...
Pensando em minha vida
Vou sentindo-me pior...
Que uma empresa falida

Parada e pensativa...
Pensativamente parada
Olhando fixamente...
A minha árdua jornada

De olho na estrada
Preocupação em mente
O medo e a coragem
São coisas que se sente

Meu caminho é longo
E a paisagem é feia
Sem contentamento
Pois tudo lhe chateia

E a mente vai a mil
Olhando... a estrada
Medindo a distância
Um meio assustada

Pensamento longe...
Olhar distanciado
Eu e a preocupação
Andando lado a lado

Me bate a aflição
E vem a aumentar
Me toma o desespero
A mil, fico a pesar...

Como um naufrágio
Prestes a se afogar
Assim é que me sinto
A mente a tormentar

Com o passar das horas
Aumenta mais a aflição
Também o desespero
E dói muito... o coração

E todo o tormento
Aumenta sem eu ver
Quando me dou conta
Não sei o que fazer

E pensativa ou não
A vida vou levando
As vezes até riu
E logo tô chorando

O meu diagnóstico
É a tal da depressão
A culpa é deste meu
Conturbado coração

Meu coração aflito
Em conflito com a mente
Meu corpo se desgasta
E acabo é doente

E pensativamente...
Só vivo a pensar
A mente se confunde
E me ponho a chorar

E francamente eu
Não sei mais o que fazer
Às vezes eu não tenho
Nem razão para viver

Então paro a pensar
E fico ali pensando
E enquanto ali eu penso
Minha vida vou levando.

A AMARGURA REFLETIDA

É sério...! Desde que nasci
Nunca sorrir de verdade
E de algo que não me lembro
Sempre... eu sinto saudade

Em tudo..., importante
Sempre eu fui excluída
Nunca... que, tive paz
Ou alegria, nessa vida

Ignorada sempre fui...
A minha vida era assim
Nunca que fui bajulada
A tristeza era sem fim

O desânimo me pegava
Eu só faltava desmaiar
Do nada, eu entristecia
E aí começava a chorar

Não sabia o que fazer
Procurava aonde ir...
E tinha aquela sensação
Que de repente me perdir

Procurava um abrigo
Procurava a solução
Procurava um alento
Para o meu coração

E me sentindo inútel...
Logo pensava em desistir
Procurava um esconderijo
Um lugar para onde fugir

Uma vontade de sumir
Uma vontade de morrer
De um ovni me abduzir
Vontade de desaparecer

Essa é, uma doida reflexão
Também é uma realidade
Muita gente também tem
"Igualmente, essa vontade"

Eu nunca, nunca soube
O que é a felicidade
Essa é uma triste história
Muito... triste de verdade

Muita gente vive assim
Vivendo somente por viver
E o porquê do sofrimento
Não conseguem entender

Sempre pensa em desistir
Só planeja "o como parar!"
Pois vivem tão cansados
Que não querem continuar...

Eu nunca que sorrir
Só sei o que é sofrer
Mas eu vou esperar
O sorriso acontecer

Pois uma hora ou outra
Sei que vai acontecer
Um sorriso vou ganhar
E a tristeza vou perder

Enfim... essa situação
De uma vez vai se inverter
Bem vista e recebida
Onde eu for, sei que vou ser

Nada dura para sempre
Nem alegria, nem solidão
O desânimo pode abalar
Mas derrubar é outro milhão

E tirando o leito da morte
Tudo na vida tem solução
"O lema é... não lamentar!:
Cabeça erguida e pé no chão

Lutar, lutar, e lutar...
Sem, jamais... desistir
Seguir sempre em frente
Enfrentar..., e persistir...

Tentar, tentar, e tentar..
Em frente, sempre seguir...
O resultado de quem tenta
É... uma hora conseguir

E... na medida do possível
Tudo na vida, da-se um jeito
Mas..., sem essa de achar
Que tudo tem de ser perfeito

Uma amarga realidade
Que se acaba em nada
Pois sempre lá... no fim
Dificuldade é superada

É, uma verdadeira luta
A luta pela superação
Do contra tudo e todos
E lhe faz perder o chão

Contra o desânimo
Lutamos para valer
E a favor do sorriso
Lutamos até vencer

Lutamos contra a tristeza
E contra a tal desunião
Lutamos pelo bem estar
E maior... humanização

Uma amargura refletida
Em uma amarga reflexão
De uma boca sem sorriso
E amarguíssimo coração.

sábado, 22 de setembro de 2018

A ORIGEM DA REBELDIA

Um adolescente rebelde
Parece não ter coração
Um adolescente rebelde
Sente-se o dono da razão
É totalmente sem noção

Um adolescente rebelde
Deixa os pais amargurados
Um adolescente rebelde
Deixa os pais desanimados
Feito um bicho encurralado

Um adolescente rebelde
Faz o que ninguém entende
Coisas que um rebelde faz
Só o rebelde compreende
E só um rebelde defende

Se você não é um rebelde
Você, não vai compreender
Também nunca vai aceitar
É incompatível com você
Só um rebelde vai entender

Coisas de rebelde
Só rebelde copia
Rebeldia pra rebelde
Soa como melodia
É tipo uma sinfonia

E um adolescente rebelde
Independente da idade
O coração é cheio de cancor
Transbordando de maldade
Isso é triste, mas é verdade

Ele sabe, ou não sabe o que faz?
É uma pergunta que vivem a fazer
Será que esse menino vai mudar
Será que uma coisa boa vai ser
Isso só esperando para ver

Pois essa tal resposta
Só depois dele crescer
Não dá para adivinhar
É o tal de ser ou não ser
E não depende de você

A origem da rebeldia
Na adolescência vem a formar
Mas ela surge de criançinha
Cabe aos pais, "um basta dar!"
E a rebeldia não alimentar

O caminho para a solução
A melhor coisa a se fazer
É ter muita paciência
Esperar o adolescente crescer
E por uma mudança, torcer

Quando passa a adolescência
A rebeldia pode acabar
Isso se for só uma fase
Se não for fase, vai continuar...
Pois a rebeldia só tende aumentar

Mas depois de já adulto
Com os anos a se passar
Pode ser que aquele rebelde
Boa gente, pode se tornar
Resumindo..., é só esperar.

TRÊS TIPOS DE HOMENS, SÓ TRÊS!

Existem três tipos de homens
Espera aí..., que vou falar:
O que casa para mudar a mulher
O que casa, só por casar
E o que casa para d'ela explorar

Para começar tem aquele homem
Que leva um namoro maneiro
Sempre diz que a namorada é perfeita
E quer estar com ela o dia inteiro
Que ela para ele vale mais que dinheiro

Essa homem diz que a ama tanto...
Que dela não consegue desgrudar
Só que seu grande interesse
Ela não pode, nem consegue imaginar
"Pois mudá-la pretende, após se casar"

Pois bem! Essa mulher perfeita
Para ele sempre foi irritante
Todo o carinho que ela o dava
Só o agradava por alguns instantes
"Esse homem é um farsante!"

Enquanto aquele, que casa por casar
Na verdade só quer ter alguém
Para sozinho ele não se acabar
Então se de outra mulher ele gostar
Com certeza por ela ele, à vai trocar

E aquele homem "o explorador..."
Também conhecido por "gigolô"
Esse nunca... que se casa por amor
Mulher para ele é apenas "escora"
Não aguenta ver uma "já encostou!"

Homem sério mesmo é difícil
Por isso não coloquei na contagem
Um homem amoroso e trabalhador
Um homem "dica de passagem"
É muito raro, um Homem de verdade

Aquele homem educado
Que sabe como tratar uma mulher
Esse é difícil de encontrar
É o tipo de homem desejo de mulher
O tipo de homem que sabe o que quer

Três "tipos" de homem aqui
Foi o que contabilizei
Pois até hoje homem ideal
Juro a você que não encontrei
E olha que eu procurei...

Mas sei que ainda existe
Aqueles homens de bem
"O tipo homem ideal..."
Já que o perfeito não tem
Não tem mil, mas tem nota cem

Mas por hora é isso
Essa foi minha definição
De homens existentes
De bom e de mal coração
De boa e segundas intenção

Do homem para casar
Para mudar ou explorar
Todos esses eu dispenso
Quero um para me amar
Ou sozinha vou continuar...

Três tipos de homens contei
O quarto entrou em extinção
Homem romântico hoje em dia
Só em letras de canção
Em livros de contos e ficção...

Três tipos de homens
Quatro seria o total
Mas como que vou contar
Algo quase surreal
Desse jeito eu que sou mau

Só, três tipos de homens
Infelizmente "só três.."
Eu falei e já repeti
Só vou falar mais uma vez
Três tipos de homens, "Só três".

Mas eu não vou desistir
Continuarei a procurar...
Sei que um homem ideal
Dando sorte se pode encontrar
É ter paciência e esperar.

UMA BELEZA DE MULHER

Vi... e não acreditei...
Fiquei foi incabulado
Até mesmo gaguejei
De tão, que admirado

Uma mulher tão linda
De olhar hipnotizador
Uma escultura viva
Uma obra do criador

Atraentemente linda
De olhar quarenta e três
Com vinte e oito anos
E carinha de dezesseis

Uma boca definida
O narizinho arrebitado
Sobrancelha bem feita
E os lábios avantajados

Mulher elegante
Um charme de mulher
Que mesmo indecisa
Sempre sabe o que quer

Mulher mais atraente
Que o ferro no imã
O que ela não sabe
A vida vai e ensina

Mulher inteligente
Mulher encantadora
Mulher que não desiste
Mulher batalhadora

Uma mulher intrigante
Mulher desconfiada
Uma mulher atenta
Mulher bem antenada

Beleza e inteligência
Com grande educação
Mulher bem refinada
De boa reputação...

Parei no seu olhar
Cheguei a me distrair
Pois fiquei encantado
Na hora que a vi...

Comentário onde passa
Uma grande sensação
Beleza que arrebata
E até... dispara coração

Pessoas dispeitadas
A chama de exibida
Mas é pura inveja
Queria ter sua vida

Mas para muita gente
Você é inspiração
Tipo um monumento
Você chama a atenção

Queria por um minuto
Ganhar a sua atenção
Ajoelhar aos seus pés
E beijar a sua mão

E um pouquinho mais
Depois da tua atenção
Queria te namorar
Ganhar o teu coração.

AMIZADE FINGIDA

Uma amizade fingida
Fala sério..., é o "Ó"
Em toda minha vida
Nada visse que é pior

Fingiu ser meu amigo
Minha confiança ganhou
E quando eu menos esperava
Ele o seu bote jogou...

Uma grandíssima decepção
O extremo da falsidade
Pois é... meu melhor amigo
Fingiu por mim, ter lealdade

Pensou que eu ia cair
Pensou que eu ia fraquejar
Pensou que nossa amizade
Um romance pudesse virar

Mas só que ele se enganou
Amizade pra mim, é amizade
Pelo menos da minha parte
Ela sempre... foi de verdade

Mas você a jogou fora
Mas você a estragou
Bem... naquela hora
Que você me cortejou

Você e eu, era só amizade
Mas você se empolgou
Daí então avançou o sinal
E nossa amizade estragou

Entenda de uma vez
Que você me magoou
Do propósito original
Totalmente se desviou

Eu gostava de você
Gostava com amor
Um amor de amigo
Mas isso se acabou

Eu me sentia muito bem
Quando estava com você
Era o meu confidente
Não consigo entender

Por quê quis estragar
Essa nossa amizade???
Se sempre o respeitei
"Nunca o dei liberdade!"

Nossa como que é triste
Esse tipo de decepção
Para mim o que aconteceu
Foi uma grande traição

Amizade é mais além
Além da compreensão
Mas isso não quer dizer
Que é sem consideração

Sempre fui sua amiga
Sua amiga do coração
Só que você imaginou
Algo fora... de questão

A amizade, ela éh... fiel...
Sem malícia ou maldade
Ela dura e vai bem longe
Sem essa tal curiosidade

Um amor sem romance
Um amor tipo maternal
De um amigo de verdade
Isso é bem mais que legal

Amigo é para ser sincero
Aquele tipo sem igual
Sem falar que um amigo
Não tem interesse sexual

Amigo quer o bem
Amigo não quer mal
Um amigo é irmão
É alguém sensacional

Nós dois éramos amigos
Só que você não deu valor
E então a nossa amizade
Depois disso, se acabou...

Ser amigo é uma parceira
Ter amizade, é ser irmão
Amigo é não ter interesse
A amizade é consideração

Você e eu, era, só amizade
Aí você foi... e se empolgou
Daí então avançou o sinal
E meu sentimento magoou

E passado este ocorrido
Daí então tudo mudou
E nossa grande amizade
Como uma rosa, murcho

Esse relato bem relatado
Que acabei de aqui citar
É do tal amigo da onça
Que só vem para enganar

Ele chega de mansinho
Com aquele, tal tê-rê-rê
E como cobra da o bote
Querendo ficar com você

Não respeita o sentimento
E não considera a amizade
Finge amigo de uma mulher
Com sua mente de maldade

Amigo assim, interesseiro
Dispenso até sem conhecer
Esse tipo de amizade
Nunca que, eu vou querer

Amigo é tipo um pai
Amigo é quase irmão
Amigo é sem malícia
Ou segunda intenção

Uma amizade fingida...
Isso foi o que aconteceu
Quando a minha pessoa
A sua pessoa conheceu

Um amigo sincero
Ele não tem falsidade
Falsidade não tem
Um amigo de verdade.

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

DILEMA DE INCERTEZAS

Nem tudo é o que parece
A vida é feita de engano
Variações altos e baixos
E de trágicos desengano

A vida é mesmo assim
Aquele vai... ou não vai
Uns momentos de guerra
Outros momentos de paz

A vida é melancólica
Cheia de nostalgia
A vida vai variando
E assim passa o dia

Normalmente você acha
E, rara... raramente é...
Você pensa que caiu
E por milagre está de pé

Você acha que está bem
E pode ser que não está
Pensa em algo está ali...
Quando ver, está acolá...

A vida é meio complicada
E também ela é perfeita
Pois uma hora está errada
Mas com jeitinho se ajeita

Um dilema muito doido
Daquele tipo atrapalhado
Tipo acha está sozinho
Com alguém, bem do lado

Aquele faz e não termina
Um tal de volta do caminho
Mesmo em meio a multidão
Ainda sinto-me sozinho

Neste mundo sou invisível
Sozinho.... e sem ninguém
Quem você pensa ter amor
Na verdade é quem não tem

Nem tudo é um que parece
Este ditado já nos diz
Por toda vida você tenta
Sem sucesso em ser feliz

Esse dilema continua...
E persiste em torturar
Você fica meio sem chão
Com vontade de chorar

E sem saber o que fazer
Você fica ali parado
Em constante desespero
Neste mundo atormentado

Dilema de incertezas
Em forma de poema
Algo, meio... confuso
Mesmo assim, dilema

Dilema aterrorizante
Essa é a definição
E vencer este dilema
Eis a sua real missão.

terça-feira, 18 de setembro de 2018

NINGUÉM CURTE

Ninguém curte ficar só
Naquela solidão total
Aquele que sozinho vive
Uma hora passa mal...

Ninguém quer ficar sozinho
Ninguém sozinho quer ficar
Todo mundo nesta vida
Quem alguém para lhe amar

Ninguém curte um calabouço
Ninguém curte uma sela
Ninguém curte um quarto escuro
Sem junto ter alguém com ela

Ninguém curte a velhice
E nem curte a juventude
Sem alguém para dar força
Sem alguém que lhe ajude

Ninguém de verdade
Curte uma diversão
Se não tiver alguém
Para lhe dar atenção

Ninguém curte a viuvez
E nem curte a solteirice
Sem alguém que lhe deseje
Sem alguém que lhe cubiçe

Ninguém curte ficar bêbado
Ninguém curte embebedar
Todo mundo quer beber
E sóbrio sempre quer estar

Ninguém... curte pirraça
E nem curte provocação
Afrontamento prorrogado
Adoece o coração

E falando de afronta
Ninguém curte afrontar
Mas quando se é afrontado
A vontade éh revidar

Só que não vale a pena
Ninguém curte confusão
Afronta não merece crédito
E nem merece atenção

Ninguém curte ser desfeito
Ninguém quer desfeito ser
Se você desfaz de alguém
Ele o mesmo quer te fazer

Ninguém curte a solidão
E sabendo ou não nadar
Ninguém que ficar perdido
A meriva em alto mar

Ninguém curte está só...
Ninguém curte só está
Quem não curte casamento
Quer no mínimo namorar

Ninguém curte se enganar
Ninguém curte se iludir
Ninguém curte "só..." chorar
Chorar, chorar... e não sorrir

Ninguém curte a curtição
Sem companhia pra curtir
Ninguém curte "o tentar"
Já pensando em desistir

Curtir é gostar ou não
É desistir ou persistir
"Ninguém" Curte querer!
E alguém vim lhe impedir

Ninguém curte a derrota
Ninguém curte esmorecer
E todo mundo que tenta
O seu intuito, é de vencer

Isso aqui é a Real
Essa é a realidade
E curta que não curta
És uma pura verdade.

sábado, 1 de setembro de 2018

UM BASTA

Depois de tantas brigas
De viver de ilusão
Depois de tantas mágoas
Se partiu meu coração

Você briga sem motivo
É muito constrangimento
Você briga a todo instante
Até desfaz do meu amor

Você dorme brigando
Acorda querendo brigar
Você briga o dia todo
E a noite quer continuar

Eu já não aguento mais
Já não sei o que fazer
É tão grande minha angústia
Que já não quero nem viver

Mas assim não dá
Não dá para continuar
Desse jeito só brigando
Sei que não vou aguentar

Preste bem atenção
O que falo para você
Se continuar assim
Você vai é me perder

Não tenho mais forças
E nem disposição
Estou muito magoada
Machucou meu coração

Se você parar e pensar
E tudo... analisar
Você vai perceber
Que até parei de brigar

Pois é... cansei!
Cansei de insistir
Cansei tentar
Cansei de me iludir

Cansei de perdoar
Cansei de ter consideração
Cansei de ser chutada
E continuar estender a mão

Cansei de tanto amar
E amada não ser
Cantei de tanta brigas
Eu desisto de você

Agora acabou...
Eu muito te avisei
Você não deu valor
Pois é... Cansei

Esse foi o triste fim
O fim de relacionamento
Uma relação sem amor
Relação sem sentimento

Um amor que acabou
Mesmo ante de começar
Porque um dos envolvidos
Nunca soube o que é amar

Esse foi um basta
Um basta de ilusão
Um basta de brigar
De viver na solidão

Você não me entende
Eu não te compreendo
E ambos infelizes
Nós dois está vivendo

É isso aí...! Cansei
Não adianta insistir
Reconciliar de novo
É querer se iludir.

QUEM DERA EU

Pensativa, eu...
Dera, quem me dera...
Todas estações do ano
Fossem prima vera

Ah... quem dera eu...
Se felicidade "me pertencia!"
Não ficava com ela só para mim
Para todas pessoas à distribuía

Éh! Quem dera eu...
Se minha a felicidade fosse
Pois eu ia distribui-lá
Como se ela fosse doce

Quem dera, quem me dera...
Que felicidade me fosse dada
Eu à grudaria dentro de mim
E não a largaria, por nada

Quem dera essa simples mortal
Quem dera a essa imperfeição
Digna da felicidade fosse
Se tivesse a felicidade em mão

Quem dera eu fosse feliz
Quem dera tivesse felicidade
Quem dera eu...
Se isso virasse uma realidade

Quem me dera fosse verdade
O sonho que vivo a sonhar
Esse sonho de ser feliz
E de felicidade espalhar

Mesmo assim vivo a sonhar
Sonhando vivo a viver
E enquanto não acontece
Sonhando vou permanecer

E vivo dia, após dia..
Disfarço minha tristeza
Com o mínimo de alegria
Essa é minha fortaleza

Vivo de momento
Momento sim, momento não
Mas um momento ou outro
Sei que serei feliz de coração

Quem dera eu...
"A mim!" Quem dera?
Felicidade onde andarás
Minha pessoa ti espera

Vou esperar a felicidade
Muito... feliz eu ainda serei
E um dia... vou dizer!
Valeu a pena o que esperei.

sexta-feira, 31 de agosto de 2018

UMA RELÍQUIA DE AMOR

Há muitos anos guardado
Algo muito inspirador
Não falo de obra de arte
Estou falando de um amor

Exemplo de sentimento
Fonte de inspiração
Um amor companheiro
Transbordado de paixão

Um modelo de amor
Um amor sem fim
Esse foi o nosso amor
Qual ainda vive em mim

"O seu amor por mim
E meu amor por você
Era mesmo muito lindo
Bem gostoso de se ver"

Um amor que sofreu
Juntinho e não largou
Ficando lado a lado
E nunca se separou

Aquele amor que cuida
Um amor que não desfaz
Amor que até hoje
Igual nunca vi, jamais

Nosso amor é relíquia
Igual não houve ou haverá
O casal você e eu
Nasceu mesmo pra se amar

Uma relíquia de amor
Um modelo de sentimento
Guardado dentro do coração
Que suportou até o tempo

Um amor muito bonito
Um amor duradouro
Que no baú do sentimento
Eis ele o maior tesouro

"Há muitos anos guardado
Há tempos adormecido
Um clássico de cinema
Que por nós dois foi vivido"

Dificuldade da vida
Não mudou nosso amor
Mas o nosso corpo frágil
Com o tempo enrugou

Então a velhice chegou
E você adormeceu
E não mais acordou
E só ficou um adeus

Você para sempre se foi
Se foi e não mais voltou
Mas no meu coração
O sentimento continuou

Nosso amor eternizado
Ficou em meu coração
Guardado na lembrança
Amor sem comparação

Esse foi meu grande amor
Foi meu grande amor vivido
Meu príncipe encantado
Quem eu chamava de querido

Meu amor por ele
O amor dele em mim
O amor de uma vida
Um amor sem fim.

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

NUM DIA DE CHUVA

Num lindo dia de chuva
Que tudo começou
Assim que foi o dia
Em que nós se casou

A chuva não parava
Constante ela caia
Mesmo assim aquele
Foi um lindo dia

Chuva é bonança
Chuva é fartura
Mas casar com você
Foi uma grande loucura

Depois de nos casar
O vento formou furacão
O príncipe virou sapo
A máscara foi ao chão

Aquele homem gentil
Amável e apaixonado
Na verdade era um ogro
Cruel e desalmado

O amor desamor
A paixão se perdeu
A carinho se dissipou
O sentimento corrompeu

O que era lindo se acabou
Só ficou a solidão
Depois de tantas brigas
E por fim a separação

Num triste dia de chuva
Se foi a minha alegria
O meu mundo parou
Cercando minha energia

Num triste dia de chuva
Você resolveu ir
De me se separou
Sem nem se despedi

Homem desalmado
Não teve compaixão
Foi embora rancoroso
Magoou meu coração

Desfez do meu amor
Jogou nós dois ao vento
Abandonou o nosso lar
Acabou com o casamento

E o que começou com chuva
Com chuva terminou
Num triste dia de chuva
Você me abandonou

Mas eu vou superar
Vivendo dia a pós dia
E esperando que a chuva
Devolva a minha alegria

Com chuva começou
Mas nada te fez se agradar
Então Deus com sua bondade
Com chuva nos fez terminar

Por isso vou espera
A chuva aqui voltar
E me trazer alguém
Que ocupe seu lugar.

ABANDONO

Você me fez chorar
Muito me intristeceu
Você super me iludiu
Depois me disse adeus

Você me iludiu
Você me enganou
E pondo o pingo no í
Na verdade me usou

Fez-Me descartável
Feriu meu coração
Deixou-Me de repente
Sem dá explicação

Sentiu-se melhor que eu
Desfez-me cruelmente
Você me abandonou
Do nada de repente

Então você se foi
Para se livrar de mim
No caso entre nós dois
Resolveu da um fim

Tudo acabou
Tudo se perdeu
Só lembrança ficou
Só restou o adeus

Esse foi o fim
Fim de você e eu
Perdi o que eu tinha
Mas nunca que foi meu

Então abandonado
Fiquei na solidão
Eu as minhas mágoas
E meu ferido coração

Totalmente sozinho
Abandonado ao léo
Parado sem destino
Olhando para o céu

Agora o que me resta
É seguir em frente
Sorrindo ou chorando
E com você na mente

Um dia te esqueço
Um dia não vou chorar
Um dia, mas um dia
Eu vou me alegrar

Agora é recente
Só penso em você
Mas vai chegar a hora
Que vou te esquecer

Eu vou te esquecer
E vou recomeçar
Alguém que me mereça
Coloco em seu lugar

Assim vai acabar
Esse meu sofrimento
Depois que te esquecer
Não terei mais lamento

Esse será o fim
O recomeço também
E... que assim seja
Para selar "um amém".

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

SIMPLESMENTE CULTURA

Cultora é tudo
Cultura é preciso
Mas cultura sem bom senso
É uma criança sem juízo

Cultura fez, e faz parte
Do desenvolver de uma nação
Mas de nada vale a cultura
De quem não tem bom coração

Cultura é saber
E também é praticar
De nada vale a cultura
Se ninguém a admitirar

Cultura é para ser exibida
Mas tem que valer a pena
Tem que ser algo marcante
Tipo uma arte ou um poema

De nada vale ter cultura
Sem ter um bom conteúdo
Sem ter aquele toque
De mais lindo do que tudo

Cultura é inspiradora
Cultura contagia
Cultura é tristeza
E também é alegria

Cultura não é pobre
A cultura é rica
E como tatuagem
A cultura fica

Cultura é costume
Cultura é mania
E cultura se vive
Geralmente todo dia

Em tudo há cultura
Em tudo cultura há
É só reparar bem
Que cultura verá

Há cultura em tudo
Tipo no jeito de ser
E na maneira de falar
Há cultura em você

Cultura é objeto
Cultura é invento
Cultura é escrita
E bom pensamento

Em tudo cultura
Tudo que vale a pena
Tudo que se cria
Tudo o que se encena

Às vezes sem limites
A cultura é exagerada
Isso porque a cultura
Ela é mesmo ilimitada.

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

UMA SOMBRA

Uma sombra de mim
Foi só o que restou
N'uma sombra de tristeza
Minha face transformou

Uma sombra decaiu
Uma sombra se formou
A alegria que eu tinha
Amargura se tornou

Daí então tudo se foi
E só tristeza ficou
Uma sombra de tristeza
Sua falta me deixou

Depois que você se foi
Foi o que aconteceu
Uma sombra de tristeza
Em meu peito se prendeu

E eu fiquei assim
Numa tristeza sem fim
Uma sombra de tristeza
Se alojou dentro de mim

Triste muito eu chorei
E fique desanimado
Me sentindo um cachorro
Cruelmente abandonado

Meu mundo desabou
Meu castelo caiu
As portas se "fechou"
E o mar não se abriu

Então tudo se acabou
Antes mesmo de começar
A fruta não vingou
E no pé veio a murchar

Assim aconteceu
Um triste acontecimento
Em um dramático filme
Me senti naquele momento

A sombra de mim
A sombra de quem fui
Uma triste sombra
Procurando uma luz

Uma sombra do passado
Junto ao meu presente
Sombra que tortura
Só sabe mesmo quem sente

Uma sombra do passado
Foi mesmo o que sobrou
Tudo aquilo que eu era
Em um fantasma tornou

Sombra do passado
Uma sombra de mim
Forte com uma onda
Mas só, "Uma sombra."

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

SEM VOCÊ

Sem você um vazio me laça
Sem você sou buquê sem flor
Sem você meu mundo para
Meu arco-íris não tem cor

Sem você não durmo a noite
Sem você é chato o meu dia
Sem você minha vida é tristeza
Sem você não tenho alegria

Sem você o sol não brilha
E não faz maré no mar
Sem você chuva não chove
E o chão fica a rachar

Sem você meu mundo é frio
Sem você não tenho amor
Você é meu sol brilhando
O meu casaco e o cobertor

Sem você nada tem graça
Meu viver, o meu existir
Nada disso tem sentido
Se você não está aqui

Sem você a canela não cheira
O diamante não tem valor
A Maria não faz fumaça
E meu Jardim não tem flor

O meu céu não tem estrela
Nem perfume tem na flor
Sem você na minha vida
Simplesmente nada sou

Sem você sou incompleto
Só você para completar
Larga tudo e vem comigo
Para sempre ser meu par...

Sem você não dá.

quinta-feira, 9 de agosto de 2018

CARÁTER RETORCIDO

É incrível como tem gente
Difícil de compreender
Que tem de ouvir o que não quer
Para o que é preciso entender

Esse tipo de gente
Vive a cara quebrando
Sabe que vive no erro
E continua teimando

Se mergulha de cabeça
Sem saber onde vai dar
Acaba a cara quebrando
E continua... a teimar

Essa gente teimosa
Não sei o que ela pensa
Só sei que a teimosia
É tão ruim quanto doença

A pessoa está ciente
De que a resposta será não
Mesmo assim ela pergunta
Êh... pessoinha sem noção

Aquele tipo encrenqueiro
O tipo que só dá trabalho
Aquele tipinho de gente
Barulhento igual chocalho

Esse tipo de pessoa
Entende mais demora
E tem mais, encher o saco
É o que ela mais adora

Você fala e ela retruca
Sempre diz que sabe tudo
E na hora da verdade
Cala a boca e fica mudo

Mas o pior de tudo
O cúmulo de se ouvir
É ela te julgar mal
Depois vim e desmentir

E vira um disse que me disse
Toda aquela agitação
Ela pondo a culpa em todos
Desviando-Se na contra mão

E no final de tudo
Nada sabe, nada ouviu
Ela não queria papo
Foi você quem existiu

Se finge de santinha
Finge nada saber
É o capeta em forma de gente
E encapetado é você

Resumindo a culpa é sua
Pois ela fala não foi eu...
Você começou a fofoca
E nesse rolo a meteu

Daí você não aceita
Nem é obrigada a aceitar
Se ela que fez confusão
Vai ter que desenrolar

Então começa o impasse
Foi você, Não foi eu não!
Até fazer ela entender
Que na real não tem razão

Mas, só que até lá...
Muito ela te estressou
Te deixou super chateado
Muito nervoso você passou

Pessoas deste jeito
São típicas "cara de pau"
E me desculpa por falar
Mas, "gente assim é do mal

Gente boa é paciente
Ela escuta com atenção
E admite quando erra
Não arruma confusão

Gente boa é humilde
É gentil e atenciosa
O contrário, a arrogante
É medíocre e orgulhosa

Caráter retorcido
Essa é a melhor descrição
Para dar a esse tipo de gente
Fábrica de decepção.

terça-feira, 7 de agosto de 2018

LIAQUIM E SUA HISTÓRIA

Antes que eu me esqueça
Um relato vou contar
Acontecido há muitos anos
No Sertão do Ceará

Ligeiramente resumido
Está história vou contar
E assim como eu gostei
Sei que você vai amar

Como eu já relatei
Continuação vou dar
Deste fato acontecido
E você vai se encantar

De um cara muito humilde
Que muito jovem se casou
E foi morar com sua esposa
Numas terras que ganhou

Sete alqueires de terra
Com uma vista bacana
Cheio de pés de café
Caju, cajá e banana

Um belíssimo lago com peixes
Tinha nas terras deste moço
E para beber uma água potável
Também tinha um grande poço

Seu sonho de criança
Era quando crescer
Construir um casarão
Para sua família viver

Para começo de conversa
Seu nome era Liaquim
Filho da Dona Maria
E do Senhor Joaquim

Liaquim resolveu
Logo após de se casar
Mesmo sem ter construído
Para suas terras se mudar

E ainda fez um propósito
Quando Seus pés ali pisou
De plantar duas árvores
E pôr uma rede pro seu amor

Logo no primeiro dia
Que era sua lua de mel
O casal dormiu no relento
Ambos olhando para o céu

E no segundo dia
Logo que amanheceu
Liaquim uma Choupana
Em suas terras ergueu

Uma casinha de taipa
Coberta com taboa
De frente para a estrada
E fundo para a lagoa

Então no terceiro dia
Em fim Liaquim plantou
Duas árvores não frutíferas
E sua promessa pagou

O tempo foi passando
E três anos se passou
Às árvores cresceram
E sua rede ele armou

Nesse meio tempo
Sua esposa a luz deu
Ao seu primeiro filho
Batizado de Liadeu

E já tinha Liadeu
Dois aninhos de idade
Quando enfim Liaquim
Fez tijolos a vontade

E aquele seu grande desejo
De construir um casarão
Passou a ser realidade
Pois começou a construção

Treze anos se passaram
Seu casarão ele ergueu
Com dez amplos quartos
Dificuldades ele venceu

De frente pra varanda
As duas árvores ficou
Onde ele fez o balanço
Prometido ao seu amor

A Esposa do Liaquim
Muitos filhos concebeu
Lia, Liezer, Liovaldo
Lígia, Liandra e Lizeu

Sete são o total
De filhos do Liaquim
Homens e mulheres
Sua alegria sem fim

Liaquim tanto sofreu
E muito Ele padeceu
Liaquim muito lutou
Mas Liaquim venceu

Os seus filhos cresceram
E lhes deram muita alegria
Foram seu sossego da noite
E a sua bagunça do dia

Às terras dos arredores
Com tempo ele às comprou
E aquelas suas terrinhas
Uma grande Fazenda virou

Todos seus filhos casaram
E juntos a ele continuou
Pois para cada filhos
Vinte alqueires de terra doou

De "Fazenda dos Liis"
Assim era conhecida
História de superação
Linda história de vida

Num relato resumido
Essa história eu contei
Espero que tenha gostado
Assim como eu amei.

segunda-feira, 6 de agosto de 2018

DILEMA DE TRISTEZA

Um papel cortado
De tesoura picotado
Se sentindo inútil
Sozinho abandonado

Um papel em pedaço
Espalhado ao vento
Um papel picado
Em meio ao lamento

Um papel sozinho
Papel que foi largado
Que não mais serviu
Então foi descartado

A tesoura ardilosa
O papel picotou
De pedaço em pedaço
E jogado o largou

Pobre do papel
Que não se defendeu
E depois de ser picado
Acabou que faleceu

Morreu-se o papel
Papel se acabou
Por culpa da tesoura
Que o desperdiçou

O papel ao vento
Ficou em pedacinho
De um lado para o outro
Totalmente sozinho

A solidão o pegou
E sem saber o que fazer
O papel desesperado
Começou a tremer

A para sua infelicidade
Para sua ruína total
Começou a chover
E o papel virou mingau

Acabou-se o papel
Dele só ficou memória
De uma vez um papel
Registrado na história

A tesoura é a tristeza
O papel é o coração
O picote é o desespero
E o vento a solidão

Dilema de uma tristeza
Uma tristeza cruel
Um drama ocorrido
Com um pobre papel.

domingo, 5 de agosto de 2018

MINHA CHOROSA REALIDADE

Então, triste chorei
Muitíssimo eu chorei...
Lágrimas caíram
De lágrimas me molhei

Com o rosto molhado
O olhar lá no chão
Até um coração duro
Vai senti uma comoção

É triste, muito triste!
Mas, tristeza vivi
De lágrimas o meu rosto
Molhando eu senti

Doeu a minha alma
Sangrou meu coração
Se foi minha alegria
Como o frio no verão

E então chorei
E nunca mais sorrir
Em um grande labirinto
Tristemente me perdi

E eu chorei..
Chorei, e chorei...
Continuei chorando
E chorando fiquei

Chorei de tristeza
Chorei de frustração
Chorei desanimada
Doeu meu coração

Enxuguei às lágrimas
Tentei disfarçar
E escondi de todos
Que estava a chorar

Forcei um sorriso
Fingir alegre estar
Mas só que de repente
Voltei eu a chorar

Não tem jeito mesmo
Minha vida é chorar
Disfarce não adianta
Não vou mais nem tentar

Muito eu chorei
E estou a chorar
Chora meu coração
Chora sem parar

Um dia meu coração
A alegria vai chegar
A tristeza vai embora
E você vai se alegrará

Um dia não choro mais
Um dia vou sorrir
E em troca de chorar
Eu vou é me divertir

Um dia..., mas um dia!
Só que até lá...
Não tenho outro opção
Continuo... a chorar.

DÊ A VOLTA NO SEU EU

O mundo realmente da voltas
E como isso não é segredo
Muito mais tem coragem
Quem de castigo tem medo

Hoje quem está por cima
Amanhã pode tá por baixo
Pois a maior da incerteza
É aquela tal de "Eu acho!"

Nunca queira ser melhor
Não desfaça de ninguém
Nunca pense ser menor
Nem maior do que alguém

Se hoje está por cima
Seja muito agradecido
E olhe pro pequeno
Pro menor favorecido

Nunca queira ser maior
Nem atravessar parede
Você é um peixe ao mar
E o mundo tá cheio de rede

Passo maior que a perna
Não dê nunca... jamais!
Quanto mais alto se sobe
Maior perigo se atraí

Seja sempre correto
Faça o que é querente
E não esqueça de ser
Exemplo de boa gente

Pagar o que se deve
Saber a hora de falar
Analisar as palavras
Antes da língua soltar

Nunca se esqueça
O mundo vive girando
E o Ser Superior
Está de olho, vigiando

Ele tudo ver
Com ele não tem será
Ele o tempo todo
Está a observar

Ele é o caminho certo
Ele é certeza, e é razão
Ele é sinceridade
Arrependimento e perdão

Te ajuda na precisão
Se você tiver razão
E também te castiga
Se não for digno de perdão

Então como agora já sabe
Que o mundo vive a girar
Tente seus erros por erros
Começar a consertar

Pague tudo o que deves
E a quem você magoou
Trate de reconquistar
A amizade que estragou

A vida é cheia de lição
Tudo é um aprendizado
Deixe a negatividade
E a arrogância de lado

Não esqueça de onde veio
Nem se esqueça do que era
A humildade é linda
E a educação é bela

Ser consciente é bom
Faz parte da boa educação
Geralmente é consciente
Pessoas de bom coração

Dê a volta no seu Eu
Lembre o tempo da infância
E seja adulto inteligente
Mas legal como uma criança

A vida é uma escola
De infinito aprendizado
Tendo como professor
O presente e o passado

O futuro são as aulas
Os livros é sua atenção
Por isso pra ser boa gente
Tem que ter dedicação

Ser correto e andar certo
Proporciona grande bem
Humildade é um dom
Muita sorte de quem tem.